ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 18º

Lugares por Onde Ando

Aéreas reduzem frota em 90% e Dourados perde voo da Gol

Por Paulo Nonato de Souza | 26/03/2020 07:03
Avião da Gol no pátio do Aeroporto de Dourados na estréia do voo para Guarulhos, dia 2 deste mês. Com a queda na demanda em meio ao coronavírus , a operação chega ao fim nesta quinta-feira (Foto: Antonio Perez)
Avião da Gol no pátio do Aeroporto de Dourados na estréia do voo para Guarulhos, dia 2 deste mês. Com a queda na demanda em meio ao coronavírus , a operação chega ao fim nesta quinta-feira (Foto: Antonio Perez)

Se estava difícil viajar de avião por conta dos preços das passagens, a partir do próximo sábado, 28, até 3 de maio, isso será quase impossível. Por consequência da pandemia do novo coronavírus, a demanda de passageiros caiu e as companhias aéreas brasileiras reduziram a capacidade de voos nacionais em até 90% e 100% para o exterior.

É o caso da Gol. Entre 28/03 a 3/05 irá operar somente voos para as capitais brasileiras e nenhum voo internacional. Até o dia 3 de maio serão mantidos 50 voos diários, ou seja, quem tem planos de viajar e optar pela Gol terá de escolher este período.

Com a decisão de atender apenas as capitais, o voo diário da Gol entre Dourados, no sul do estado, e o Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), que estreou no dia 2 deste mês, deixa de operar a partir desta quinta-feira, 26. O voo nem está mais disponível no site oficial da companhia.

A Latam também reduziu significativamente seus voos. Cortou cerca de 70% de todos os seus voos, afetando 90% dos voos internacionais e 40% das operações domésticas. A aérea informou que os passageiros afetados podem reprogramar seus bilhetes até 31 de dezembro, sem nenhum custo adicional.

Já a Azul reduziu em 90% a capacidade da sua frota. Das 116 cidades que operava seus voos, irá atender apenas 25 até 30 de abril: a lista tem 23 cidades brasileiras, incluindo Campo Grande, com Orlando e Fort Lauderdale/Miami como únicos trajetos internacionais.

Em nota a Azul pede para que os viajantes com passagem comprada para o período de redução da frota fiquem atentos ao status de seus voos com as mudanças necessárias. Diz que seus clientes podem modificar a data de suas passagens sem custo nenhum desde que uma única vez.