A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Agosto de 2019


06/03/2019 13:44

Dicas para aproveitar as liquidações na primavera de Londres

Paulo Nonato de Souza
Temporada das compras em Londres, uma das opções de turismo na capital inglesa, fica mais atraente a partir da primaveraTemporada das compras em Londres, uma das opções de turismo na capital inglesa, fica mais atraente a partir da primavera

Março, é primavera na Inglaterra, hora de dar adeus ao inverno, boas vindas ao sol e de ir às compras em Londres. Junto com o início do horário de verão, no último final de semana do mês, quando os dias amanhecem às 6h e anoitecem a partir das 19h sob uma temperatura entre 5 e 13 graus, também esquenta a temporada de liquidação no comércio londrino com opções para todos os gostos e descontos que em algumas lojas podem chegar a 70%.

O Boxing Day, versão britânica do Black Friday, dá a largada nas promoções do comércio em 26 de dezembro, e na sequência os meses de junho, julho e início de agosto formam o auge da temporada de compras em Londres, porque é quando o período das férias de verão e o grande movimento de turistas coincide com a troca de coleções. Mas se você desembarcar na cidade entre março e abril irá encontrar um cenário perfeito para fazer compras, e inevitavelmente um dos seus destinos será a Oxford Street, principal referência fast-fashion da Inglaterra.

A Oxford Street é frequentada por 200 milhões de pessoas todas os anos, percorrendo suas dezenas de grandes lojas âncoras, uma próxima da outra, como a Marks & Spencers, John Lewis, H&M, Gap, United Colours of Benetton, Mango, Zara e a Primark, uma das preferidas dos brasileiros, onde é possível encontrar artigos de vestuário a 1 libra (R$ 5).

É uma das ruas comerciais mais movimentadas de toda a Europa. Suas lojas abrigam os mais variados estilos e uma grande variedade de grifes, a maioria conhecida no Brasil como moda top. É uma avenida de 2,5 km de extensão na região de Westminster e o Hyde Park, com produtos nas lojas a preços mais acessíveis mesmo nos períodos fora de liquidações.

Uma das preferidas dos brasileiros, a Primark está sempre lotada, e o movimento só aumenta nos períodos de promoçõesUma das preferidas dos brasileiros, a Primark está sempre lotada, e o movimento só aumenta nos períodos de promoções

A Oxford Street fica na região central de Londres. Dependendo de onde esteja hospedado você pode chegar até a pé, mas se não quiser andar poderá usar o transporte público da cidade. Se optar pelo metrô, ou tube, como falam os ingleses, você deverá descer na estação Oxford Circus ou na Marble Arch e estará no paraíso das compras.

A estação Marble Arch fica bem próxima do Hyde Park, o mais famoso parque público de Londres, inaugurado em 1637, localizado no centro da cidade. Se marcar como referência, não tem chance de se perder, afinal é local preferido dos grandes shows de bandas de rock. Lá já se apresentaram Green Day, Rolling Stones, Bon Jovi, Red Hot Chili Peppers, Queen e Foo Fighters, por exemplo.

Se pegar o metrô com parada na estação Oxford Circus, acessará a Oxford Street no cruzamento com a Regent Street, onde estão várias das grandes lojas de departamentos da Inglaterra: Marks & Spencers, que só vende produtos de marca própria, a John Lewis, Debenhams, House of Frasier e a Selfridges & Co, uma cadeia de lojas de departamento britânica fundada em 1909.

Na Londres das compras, se a sua opção for por produtos de grifes femininas ou masculinas, famosas e sofisticadas, então seu destino são as lojas da Bond Street, Knightsbridge e Sloane Street, um triangulo comercial para bolsos mais fartos. Isso vale também para as ruas Savile Row e St. Jame’s como endereços da moda masculina sofisticada, sem esquecer das lojas da Regent Street, que corta a Oxford Street.

Loja da Louis Vuitton é uma das atrações de luxo no Westfield Shopping Center, em LondresLoja da Louis Vuitton é uma das atrações de luxo no Westfield Shopping Center, em Londres

Mas se você prefere paz e tranquilidade na hora das compras, sem a muvuca da Oxford Street, então o destino é o Westfield Shopping Center. No local são 250 lojas, incluindo algumas de departamentos, como a Debenhams, Marks & Spencer, Next e House of Frasier, além de boutiques, livrarias, restaurantes, farmácias, lojas de eletrônicos e até cinema, e tudo isso sem nenhum risco de ser atropelado por um ônibus, carro ou bicicleta na rua.

Inaugurado em 2008, desde 2018 o Westfield Shopping Center é considerado o maior centro comercial da Europa. É um daqueles lugares em que você percebe na prática a diferença entre ser rico ou apenas ter um bom emprego e ser muito rico com dinheiro disponível para gastar. No mesmo espaço comercial fica a The Village e suas lojas de alto luxo, como a Louis Vuitton, Dior, Gucci, Prada, Burberry, Miu Miu, The Beers, Georg Jensen e Versace.

Assim, no Westfield Shopping Center você pode viver a experiência de mudar de mundo, do real para o mundo dos sonhos, sem sair do lugar. O acesso é fácil. Se quiser dar uma esticada de metrô a partir da Oxford Street, uma boa opção é embarcar na estação Bond Street, o famoso reduto de lojas de luxo, marcas exclusivas e joias finas, só que a céu aberto, contar seis estações e descer na Shepherd’s Bush, a mais próxima de Westfield com acesso pela linha vermelha.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.