ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 28º

Veículos

Argentina e Brasil renovam acordo automotivo até 2020

Por Márcio Martins | 28/06/2016 09:13

Os governos do Brasil e Argentina concluíram as negociações sobre o comércio setorial após rodada final de negócios realizada em 23 e 24 de junho em Brasília, DF. Os países firmaram renovação do acordo automotivo até 2020, com a instalação de agenda de trabalho cujo foco será a integração produtiva e comercial equilibrada que possibilite o livre comércio.

O presidente da Anfavea, Antonio Megale, destaca a importância do equilíbrio destas negociações:

"Um acordo com horizonte de médio e longo prazo é fundamental para dar mais previsibilidade ao planejamento e segurança na definição de investimentos. Por esta razão avalio de forma muito positiva a conclusão das negociações pelos governos, que demonstraram equilíbrio e maturidade ao enxergar a relação de complementariedade produtiva entre os países e prever agenda de trabalho visando ao livre comércio".

Pelo acordo, a relação entre o valor das importações e exportações - conhecida como flex prevê que, para cada dólar que a Argentina exporta ao Brasil em autopeças e veículos, sem incidência de impostos, pode importar 1,5 dólar em produtos brasileiros.

Nos últimos 12 meses do acordo - que termina em 2020 - o flex subirá para 1,7, com prévio acordo entre os países e desde que alcançadas as condições para o aprofundamento da integração produtiva e o desenvolvimento equilibrado de estruturas produtivas e de comércio.