A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017

11/05/2015 11:14

Amor em preto e´branco

Por Rosildo Barcellos (*)

Paço Imperial, 13 de maio de 1888… começa o jogo. Imagino um jogo de xadrez. Mas, que por uma mão mágica é movida. Os brancos saem na frente. Invejo a lucidez desse jogo, porque mesmo não tendo toda a decisão – tenho a capacidade de influenciá-lo. embora, impreterivelmente, mais cedo ou mais tarde, tenho de aprender a respeitar a ordem natural das coisas ou movimentar as peças para que os ventos soprem ao meu favor.

Mas acredito que na vida, o amor e a justiça sempre acabam por triunfar, e sem pestanejar prossigo o ato, e o jogo continua… as peças pretas saem tresloucadas para atingir a última linha. Sabe-se apenas que se regras forem violadas há o risco do peão não chegar. Chega a hora de reunir o necessário e esquecer o acessório, conduzindo o destino de cada peça. Começo a perceber uma regra de continuidade e de respostas em cada jogada. É a vida!

Aprender a mover as peças é entender a essência do existir. São antíteses e antônimos andando junto. Essa é a nossa única diferença: não sabemos quanto tempo temos, quantos dias teremos e não sabemos se obteremos chance de consertar o mal que fizemos ou identificar qual foi a nossa “jogada errada”. Mas o objetivo é o mesmo: fazer com que o rei adversário fique sem saída e abdique… é o xeque-mate.

Na vida real cada decisão nossa é um xeque-mate. Mas algumas regras são imutáveis ! Por exemplo: uma pedra preta será sempre uma pedra preta; mas isso não interfere no jogo, pois não são somente as brancas que atingem a preeminência. Um outro exemplo é o movimento do cavalo: que claramente representa as mudanças de decisão. E quantas vezes devemos desviar de alguma situação ou obstáculo. para atingir nosso objetivo?

É assim, qual um jogo de xadrez, com idas e vindas, a vida não acaba sem sanhas para ambos os lados. Cada ato nosso retrata os limites traçados para o amor em preto e branco. Entretanto, um grande detalhe nunca devemos esquecer…o movimento de uma pedra interfere no movimento das outras e nesta particularidade reside a essência da vida.

(*) Rosildo Barcellos, articulista

Muito, pouco
No dia 3 de maio de 2016, foi promulgado o Decreto nº 8.737, que institui o Programa de Prorrogação da Licença-Paternidade para os servidores público...
A bolha da saúde brasileira está prestes a explodir
A crise econômica e o crescente índice de desemprego da população brasileira refletiram diretamente no setor da saúde. Recente estudo revelou que mai...
Marchinhas do coração
Sei que existem as marchinhas preferidas do coração. São as do passado ou do presente, mas não é delas que quero falar, e, sim, do sofrido coração br...
Reforma da Previdência: aprofundando o deserto na vida dos trabalhadores
O cinema enquanto “sétima arte” muitas vezes busca retratar realidades cotidianas na telona. Não foi diferente o filme “Eu, Daniel Blake”, ganhador d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions