A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Abril de 2018

15/04/2018 13:00

Como evitar o comodismo e crescer na carreira

Por Claudia Santos (*)

Com a rotina corrida do dia a dia e o acúmulo de tarefas, é muito comum que as pessoas se acomodem em um emprego e deixem de investir no crescimento profissional – o que resulta, também, em uma constante insatisfação com o trabalho.

Muitas razões podem estar por trás desse comodismo: a falta de tempo, a desmotivação com a área de atuação, as obrigações financeiras ou até mesmo a falta de reconhecimento ou de oportunidades de crescimento na empresa. Mas, em alguns casos, isso acontece porque os profissionais têm medo de sair da zona de conforto e não se sentem confiantes o suficiente para buscar novos desafios.

Essas atitudes podem ser extremamente prejudiciais para quem deseja se diferenciar em um mercado cada vez mais competitivo, já que um funcionário acomodado dificilmente propõe novas ideias, motiva a equipe e se dedica integralmente às suas atividades. Muitas vezes, os profissionais acabam esperando que fatores externos tragam novas oportunidade quando, na verdade, são eles mesmos que precisam agir para mudar a situação.

Por isso, é preciso deixar a preguiça de lado e colocar em prática algumas atitudes que podem ajudar a crescer na carreira. Em primeiro lugar, o profissional precisa investir em autoconhecimento e identificar quais são os seus pontos fortes e fracos, como pode aproveitá-los e onde deve investir para se diferenciar no mercado. Dessa forma, ele conseguirá definir quais serão os próximos passos.

Traçar um plano de desenvolvimento com objetivos claros e específicos do que se deseja alcançar é essencial para atingir o sucesso. Afinal, não adianta investir na própria formação quando você não sabe aonde quer chegar. Uma dica é elaborar um plano de ação detalhado, com um passo a passo do que é preciso fazer para alcançar seus objetivos. Cursos técnicos ou de idiomas, leituras ou palestras podem ajudá-lo a se manter atualizado e incrementar o currículo.

Outro passo importante é construir uma rede de relações na sua área. A capacidade de fazer networking, se comunicar bem e desenvolver bons relacionamentos é essencial para quem deseja ganhar reconhecimento ou até mesmo conseguir um novo emprego. Por isso, demonstrar interesse pelas pessoas, ter humildade e saber ouvir são competências muito valorizadas em qualquer campo de atuação.

Portanto, para crescer na carreira, é preciso abandonar a zona de conforto, investir no próprio desenvolvimento e estar disposto a encarar novos desafios. No futuro, os melhores profissionais serão aqueles que souberam acompanhar as mudanças no mercado de trabalho e evitaram, ao máximo, cair no comodismo do cotidiano.

(*) Claudia Santos é especialista em gestão estratégica de pessoas, palestrante, coach executiva e diretora da Emovere You (www.emovereyou.com.br).

Mitos e verdades da alimentação durante o frio
Estimuladas pelo sol e o calor, as pessoas costumam intensificar a preocupação com a alimentação durante o verão. Porém, mesmo que seja algo óbvio, é...
Travessia
Os gargalos na vida nos surpreendem. Não são esperados, não parecem programados, nem previstos. São os estreitos caminhos pelos quais devemos passar....
A profecia
Em Corumbá, ali na rua Frei Mariano, entre as décadas de 1950/1960 havia um lugar bastante frequentado. Uma barbearia, uma banca de jornal, um café e...
Bem, amor, justiça e solidariedade
O título desta reflexão tem como referência um tweet enviado pelo Papa Francisco no dia 31 de janeiro de 2018, que assim se expressava: "O bem como, ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions