A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Novembro de 2018

15/11/2017 12:19

Consultoria de franchising: uma escolha importante na hora de franquear

Por Milena Lido (*)

Decidir franquear uma empresa é um passo muito importante para a vida do empresário, por este motivo, é preciso muito cuidado e atenção neste momento. A contratação de uma consultoria experiente é a decisão mais indicada a ser tomada, para que todos os processos e análises sejam considerados, com o objetivo de estudar as ameaças e oportunidades desde canal de expansão.

Neste sentido a consultoria poderá avaliar se o segmento da empresa poderá ser promissor no franchising, como formatá-la de maneira adequada e auxiliar nos planos de expansão. Criando um planejamento de vendas, distribuição e implantação dos processos.

Além disso, a consultoria ajudará na elaboração de instrumentos muito importantes para as franquias, como os contratos e COFs (circular de oferta de franquia). Os contratos são feitos pelo departamento jurídico da consultoria, apresentando valores, taxas, prazos, condições, direitos e deveres das partes etc. Já a circular de oferta apresentará os formatos disponíveis, valores de cada um deles, perfil esperado para o franqueado, direitos e deveres de franqueados e franqueadora, entre outras informações de extrema relevância para conhecer os primeiros dados sobre o negócio.

Contar com o apoio de uma consultoria significa ter um profissional, que embora tenha certa experiência, vai estudar o mercado e suas possibilidades, bem como o produto e/ou serviço que pretende ser oferecido e, após essas análises, indicar quais formatos de negócios a franqueadora pode oferecer ao futuro franqueado, como por exemplo, loja, store in store, delivery ou quiosque.

A consultoria de franquias também pode ser contratada por marcas que já atuam no setor, porém necessitam do ajuda profissional para geri-las, ou seja, auxiliar na gestão e expansão, relacionamento e comunicação com franqueados, marketing, área financeira, entre outras. Muitas vezes a pressão para aumentar o número de franqueados pode fazer com que o franqueador não busque o perfil de investidor que tenha afinidades com seu negócio, o que pode, inclusive, trazer alguns conflitos no futuro. Em momentos assim, o consultor pode auxiliar e traçar planos para expandir com qualidade.

É papel da empresa de consultoria também treinamentos periódicos com franqueador e franqueados, auxiliará na implantação do conselho de franqueados ou de convenções anuais, que costumam contar com apresentações, treinamentos, momentos de diversão e premiação, e podem unir um grande número de pessoas, para pensar no negócio, inovar, oxigenar.

Franquear exige experiência, qualidade, planos certeiros e uma estratégia eficiente para tornar a marca referência em seu segmento.

(*) Milena Lidor, diretora Geral da Franquear Consultoria e consultora de Franchising. Graduada em Administração de Empresas e Processamento de Dados, além de possuir formação em Treinamentos de Alta Performance em Gestão de Equipes pela Universidade Corporativa (UCM). Com 20 anos de atuação em consultoria e planejamento estratégico para médias e grandes empresas, conta com sólida experiência no mercado de franchising e negócios, tendo atuado como executiva em franchising com foco em Gestão de Rede de Franquias, além de ter ocupado posições executivas em franqueadoras, máster franquias, unidades próprias. Também atuou como consultora de campo, franqueada e em conselhos consultivos em franqueadoras. É conselheira e mentora de programas de empreendedorismo e negócios do Sebrae SP. E também atua como conselheira de Franqueadoras em todo o Brasil.

O espaço do negro no mercado de trabalho
É comum as pessoas usarem a seguinte frase: “somos todos iguais e todos temos as mesmas oportunidades.” Depende de como e de que lado você está fazen...
Lina Tâmega Peixoto: uma grande escritora da literatura brasileira
Historicamente, as mulheres presentes na literatura brasileira sempre contribuíram enormemente para a cultura do país. Uma delas é Lina Tâmega Peixot...
Por que o Brasil não está caminhando para a expansão da Internet?
A privatização do Sistema Telebrás, em 1998, foi o embrião para as empresas investirem na universalização das redes de telecomunicação, tornando-se u...
Triste boa notícia
A leitura é um dos maiores prazeres da vida. Mergulhar fundo no mar de palavras de belezas naturais, que ficam maravilhosas quando juntadas com maest...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions