A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

20/12/2011 15:42

Natal, tempo de reflexão

Por Erika de Souza Bueno*

Atribua significados verdadeiros para Aquele que é verdadeiro para sempre, Jesus, nosso mais ilustre aniversariante, mesmo que essa data não signifique exatamente o seu aniversário. Ele existe mesmo antes da fundação deste mundo que entendemos como nosso.

Permita que seus filhos entendam o verdadeiro valor desta data que, como qualquer outra, deve ter o “aniversariante” em primeiro lugar. Não alimente sonhos impossíveis de promover a felicidade e a união entre sua família. Não reduza essa data a apenas presentes, ainda mais se você não estiver presente integralmente. Não fuja dos fatos, encare-se e permita-se mais uma chance de rever o que pode ser melhorado.

Ao terminar essa data e o Ano Novo começar, não deixe esfriar a união da família. Empenhe-se para que presentes estejam todos aqueles que, por quaisquer motivos, afastaram-se do convívio entre seus iguais, sua família, seus irmãos.

Não gaste seu orçamento em demasia, mas, se preciso for, gaste toda sua energia para promover a paz nesta data e em todas as demais. Não se contente com simbologias que não são reais, construa pontes entre aqueles que não querem mais se falar. Atribua significados, não contente-se com poucos momentos apenas de união da família.

Questione-se, busque soluções para problemas que, mesmo não sendo seus, você pode contribuir para que de alguma maneira resolver ou aliviar. Ultrapasse os limites que insistem em colocá-lo junto à sua família apenas nessa data. Firme compromisso com você mesmo em buscar a união verdadeira dos seus, sem dar valor demasiado àquilo que pode deixar brechas nesse relacionamento.

Derrube as muralhas que impedem você de conter-se na bebida – elas estão dentro de si e somente você conseguirá vencê-las.

Respeite o ambiente em que você estiver, principalmente se crianças também o estiverem frequentando. Seja moderado no falar, no expor-se, mas ousado em tentar aproximar pessoas de outras pessoas.

Faça dessa data apenas um ponto de partida para outras que podem acontecer em qualquer momento do novo ano.

Tenha um Natal de paz entre sua família, mas não espere somente outro para você revê-la e ajudá-la no que for preciso.

São os conselhos e votos da Planeta Educação para este e os demais dias especiais que possamos ter. Feliz Natal!

(*) Erika de Souza Bueno é coordenadora pedagógica do Planeta Educação e editora do Portal Planeta Educação. Professora de Língua Portuguesa e Espanhol pela Universidade Metodista de São Paulo. Articulista sobre assuntos de língua portuguesa, educação e família.

Como transformar a nossa relação com a natureza?
Falar em meio ambiente não é algo abstrato. Se traduz no ar puro que respiramos, na água que bebemos e na fauna e flora que nos cercam. Somos depende...
Sem comunicação não há evolução
Os líderes do agronegócio hoje concordam que precisamos dialogar muito mais com a sociedade urbana, pois sem isso não teremos aderência nas necessida...
A Ciência e o desenvolvimento: o óbvio que deve ser lembrado
Um país só se desenvolve se tiver ciência sólida que se transforme em tecnologia empregada pelo setor produtivo. Isso tem sido sobejamente demonstrad...
Sonho, urgência e economia verde
Vivemos uma utopia. A ideia de que as utopias acabaram é falsa. Quem está imerso nessa fantasia não percebe, mas vivemos a utopia da técnica e do con...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions