A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

01/03/2017 16:45

Uma invasão silenciosa

Por Heitor Freire (*)

A sucessão de acontecimentos escabrosos que assolam o nosso planeta e, naturalmente o destaque que a mídia em geral lhe proporciona acaba gerando uma energia negativa que envolve a todos. Se não estivermos atentos, seremos constantemente bombardeados por essa energia e ela acabará nos contaminando e influenciando de forma equivocada.

A maioria das pessoas prefere julgar e condenar os outros, colocando-se na condição de espectador como se o seu próprio comportamento não fosse também condenável.

Mas, ao mesmo tempo, uma energia poderosa se difunde de forma silenciosa, oculta e imperceptível, mas constante, neutralizando a negatividade e anulando-a vagarosamente.

Circula pela internet uma mensagem de autor desconhecido, que transcrevo abaixo, dando notícia dessa revolução na qual acredito e que por isso mesmo divulgo para conhecimento de todos que vierem a ler este texto:

"Na superfície da Terra, exatamente agora, há guerras e violência e tudo parece negro. Mas, simultaneamente, algo silencioso, calmo e oculto está acontecendo e certas pessoas estão sendo chamadas por uma Luz mais elevada.

Uma revolução silenciosa está se instalando de dentro para fora. De baixo para cima. É uma operação global. Uma conspiração espiritual. Há células dessa operação em cada nação do planeta.

Vocês não vão nos assistir na TV. Nem ler sobre nós nos jornais. Nem ouvir nossas palavras nos rádios. Não buscamos a glória. Não usamos uniformes. Nós chegamos em diversas formas e tamanhos diferentes. Temos costumes e cores diferentes.

A maioria trabalha anonimamente. Silenciosamente trabalhamos fora de cena, em cada cultura do mundo. Nas grandes e pequenas cidades, em suas montanhas e vales. Nas fazendas, vilas, tribos e ilhas remotas.

Você talvez cruze conosco nas ruas. E nem perceba... Seguimos disfarçados. Ficamos atrás da cena. E não nos importamos com quem ganha os louros do resultado, e sim, que se realize o trabalho.

De vez em quando nos encontramos pelas ruas. Trocamos olhares de reconhecimento e seguimos nosso caminho.
Durante o dia muitos se disfarçam em seus empregos normais. Mas a noite, por trás de nossas aparências, o verdadeiro trabalho se inicia.

Alguns nos chamam de ‘O Exército da Consciência’. Lentamente estamos construindo um novo mundo, com o poder de nossos corações e mentes.

Seguimos com alegria e paixão. Nossas ordens nos chegam da Inteligência Espiritual e Central.

Estamos jogando bombas suaves de amor sem que ninguém note: poemas, abraços, músicas, fotos, filmes, palavras carinhosas, meditações e preces, danças, ativismo social, sites, blogs, atos de bondades....

Expressamo-nos de uma forma única e pessoal, com nossos talentos e dons. Sendo a mudança que queremos ver no mundo. Essa é a força que move nossos corações. Sabemos que essa é a única forma de conseguir realizar a transformação. Sabemos que no silêncio e humildade teremos o poder de todos os oceanos juntos.

Nosso trabalho é lento e meticuloso. Como na formação das montanhas. O amor será a religião do século XXI. Sem pré-requisitos de grau de educação. Sem requisitar um conhecimento excepcional para a sua compreensão. Porque nasce da inteligência do coração, escondida pela eternidade no pulso evolucionário de todo ser humano.

Seja a mudança que quer ver acontecer no mundo. Ninguém pode fazer esse trabalho por você. Nós estamos recrutando. Talvez você se junte a nós ou talvez já tenha se unido. Todos são bem-vindos. A porta está aberta”. Que tal nos unirmos agora mesmo ao Exército da Consciência?

(*) Heitor Freire é corretor de imóveis e advogado.

Um olho no peixe, outro no gato
O agro brasileiro poderia ser bem mais assertivo em sua comunicação com os mercados, aqui e no exterior. Falar mais das coisas boas que faz, seguindo...
Como transformar a nossa relação com a natureza?
Falar em meio ambiente não é algo abstrato. Se traduz no ar puro que respiramos, na água que bebemos e na fauna e flora que nos cercam. Somos depende...
Sem comunicação não há evolução
Os líderes do agronegócio hoje concordam que precisamos dialogar muito mais com a sociedade urbana, pois sem isso não teremos aderência nas necessida...
A Ciência e o desenvolvimento: o óbvio que deve ser lembrado
Um país só se desenvolve se tiver ciência sólida que se transforme em tecnologia empregada pelo setor produtivo. Isso tem sido sobejamente demonstrad...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions