ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Apesar de média incidência, Corumbá e Ladário não terão vacina da dengue

Por outro lado, até mesmo os 8 municípios que nem tem classificação de risco foram beneficiados com as doses

Por Izabela Cavalcanti | 10/02/2024 18:09
PPrimeira remessa da vacina da dengue, Qdenga, que chegou na Coordenadoria de Imunização da SES (Foto: Marcos Maluf)
Primeira remessa da vacina da dengue, Qdenga, que chegou na Coordenadoria de Imunização da SES (Foto: Marcos Maluf)

Corumbá e Ladário ficaram de fora da lista de municípios beneficiados com a primeira remessa da vacina da dengue, a Qdenga. As 69.570 doses chegaram neste sábado (10) para 76 cidades de Mato Grosso do Sul.

De acordo com o último Boletim Epidemiológico, divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), as duas cidades estão com média incidência da doença. Corumbá tem 101 casos prováveis e Ladário, 49. Em todo o Estado são 2.058 casos prováveis, 310 confirmados, e um óbito em investigação.

Enquanto isso, outros que estão com baixa incidência receberam os imunizantes, e até mesmo os 8 municípios que nem tem classificação de risco, como: Glória de Dourados; Inocência; Jateí; Juti; Pedro Gomes; Porto Murtinho; Sonora; e Taquarussu. Dourados não irá receber, pois deu início aos testes e já está vacinando.

Segundo o gerente de imunização da SES, Frederico Jorge Pontes, o Ministério da Saúde que estabeleceu o ranking e que os únicos municípios que ficaram de fora entrarão na segunda estratégia.

O prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes (PSDB), enfatizou que o município precisa, sim, da vacina. “Estava na lista de que iriamos receber e do nada veio a notícia que não vamos mais. Corumbá é uma cidade que tem o Pantanal, está chovendo bastante. Nós vamos conversar com os deputados federais para cobrar, precisa sim, Corumbá é rodeado de planície cheia de água”, destacou.

A Secretaria Municipal de Saúde pontuou que o Governo Federal não apresentou justificativa sobre a escolha.

Já a Prefeitura de Ladário, por meio da assessoria, informou que foi pega de surpresa e que somente foi avisado que entraria na segunda remessa.

Doses - A quantidade subiu. A previsão era de 42.740 doses, mas vieram quase 27 mil doses a mais do Ministério da Saúde. Agora, fica sob responsabilidade das secretarias municipais divulgarem data de início e esquema montado para a vacinação. Campo Grande já inicia neste domingo (11).

A vacinação compreende 2 doses, com intervalo de 3 meses, e será de forma escalonada, começando por crianças de 10 e 11 anos.

O Ministério da Saúde escolheu o público entre 10 e 14 anos por terem a maior taxa de hospitalização por dengue, depois de pessoas idosas, para as quais a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) não liberou a Qdenga.

Veja a lista de municípios que receberão a primeira remessa:

  • Caarapó (936 doses);
  • Deodápolis (369);
  • Douradina (172);
  • Fátima do Sul (495);
  • Glória de Dourados (259);
  • Itaporã (793);
  • Jateí (108);
  • Laguna Carapã (231);
  • Rio Brilhante (1.198);
  • Vicentina (153);
  • Eldorado (324);
  • Iguatemi (410);
  • Itaquiraí (575);
  • Japorã (396);
  • Juti (246);
  • Mundo Novo (546);
  • Naviraí (1.466);
  • Anaurilândia (197);
  • Angélica (298);
  • Batayporã (273);
  • Ivinhema (730);
  • Nova Andradina (1.355);
  • Novo Horizonte do Sul (129);
  • Taquarussu (102);
  • Amambai (1.355);
  • Antônio João (313);
  • Aral Moreira (395);
  • Coronel Sapucaia (523);
  • Paranhos (602);
  • Ponta Porã (2.859);
  • Sete Quedas (320);
  • Tacuru (379);
  • Aparecida do Taboado (707);
  • Cassilândia (497);
  • Inocência (209);
  • Paranaíba (1.025);
  • Água Clara (572);
  • Bataguassu (675);
  • Brasilândia (306);
  • Santa Rita do Pardo (206);
  • Selvíria (225);
  • Três Lagoas (3.896);
  • Campo Grande (24.639 doses);
  • Costa Rica (771);
  • São Gabriel do Oeste (834);
  • Maracaju (1.223);
  • Jardim (731);
  • Coxim (929);
  • Guia Lopes da Laguna (297);
  • Sidrolândia (1.435);
  • Pedro Gomes (182);
  • Chapadão do Sul (945);
  • Rochedo (156);
  • Anastácio (739);
  • Camapuã (338);
  • Bonito (715);
  • Figueirão (108);
  • Nova Alvorada do Sul (764);
  • Aquidauana (1.460);
  • Jaraguari (209);
  • Miranda (883);
  • Dois Irmãos do Buriti (338);
  • Sonora (434);
  • Ribas do Rio Pardo (746);
  • Alcinópolis (115);
  • Caracol (149);
  • Corguinho (161);
  • Bela Vista (683);
  • Rio Verde de Mato Grosso (549);
  • Paraíso das Águas (184);
  • Terenos (506);
  • Rio Negro (129);
  • Nioaque (390);
  • Porto Murtinho (463);
  • Bodoquena (269);
  • Bandeirantes (221).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias