A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

23/06/2019 16:38

Com rota por MS, contrabando de agrotóxico tem estudo inédito

O lançamento será no auditório da Receita Federal de Campo Grande, a partir das 14 horas

Aline dos Santos
Carga de agrotóxico avaliada em R$ 1 milhão foi apreendida em MS no mês de março. (Foto: Divulgação)Carga de agrotóxico avaliada em R$ 1 milhão foi apreendida em MS no mês de março. (Foto: Divulgação)

O contrabando de agrotóxico, que tem uma das portas de entrada pela fronteira de Mato Grosso do Sul, é tema de estudo inédito que será lançado amanhã (dia 24) em Campo Grande.

O diagnóstico “O Contrabando de Defensivos Agrícolas no Brasil” é realizado pelo Idesf (Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras).

O trabalho teve como objetivo rastrear a organização das quadrilhas que atuam neste tipo de ilícito e distribuem os produtos contrabandeados para todas as áreas agrícolas brasileiras. O estudo apontou que as rotas se propagam a partir das fronteiras. Neste cenário, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Sul são as portas de passagem desses produtos.

O lançamento será no auditório da Receita Federal de Campo Grande, a partir das 14 horas. A Receita Federal fica localizada na avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, Jardim Veraneio.

Descontaminação – No último dia 11, a PF (Polícia Federal) deflagrou a operação Descontaminação. O alvo era uma quadrilha que atua no contrabando de agrotóxicos do Paraguai para o território brasileiro. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Coronel Sapucaia e Tangará da Serra (Mato Grosso).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions