ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  18    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Menos de 1 mês após demissão de Mandetta, Teich deixa Ministério da Saúde

Bolsonaro convidou o general Eduardo Pazuello para substituir o comando da pasta

Por Anahi Zurutuza | 15/05/2020 11:22
Ministro Nelson Teich, que pediu demissão menos de 1 mês após assumir comando do Ministério da Saúde (Foto: Agência Brasil)
Ministro Nelson Teich, que pediu demissão menos de 1 mês após assumir comando do Ministério da Saúde (Foto: Agência Brasil)

Menos de 1 mês depois de Luiz Henrique Mandetta ser exonerado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Nelson Teich pediu demissão do Ministério da Saúde. Ele havia assumido o lugar do médico sul-mato-grossense.

Uma coletiva de imprensa deve acontecer nas próximas horas. Segundo o portal Uol, Bolsonaro participava do lançamento de uma campanha de conscientização contra violência doméstica, no Ministério da Mulher e da Família, quando recebeu a notícia.

Teich tomou posse em 17 de abril. Mais cedo, a Veja já havia divulgado que Bolsonaro  convidou o general Eduardo Pazuello para substituir o comando da pasta mais importante do governo em meio à pandemia do coronavírus.

Segundo a Veja, o presidente soube que Teich estava “no limite” por não concordar com a defesa da cloroquina no tratamento de pacientes com a covid-19.