ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

Moradores comemoram horário reduzido de festa e aumento de segurança no Carnaval

Urina nos portões e roubos não foram problemas durante 2º dia de folia

Natália Olliver e Mariely Barros | 19/02/2023 13:02
Júlio Azevedo explica que está surpreso com o cenário carnavalesco este ano (Foto: Marcos Maluf)
Júlio Azevedo explica que está surpreso com o cenário carnavalesco este ano (Foto: Marcos Maluf)

Os moradores próximos à esplanada ferroviária comemoraram o horário reduzido de Carnaval e o aumento da segurança no local este ano. No segundo dia de folia, o cenário visto por quem já presenciou cenas delicadas, de inúmeros Carnavais, foi bem mais tranquilo do que esperavam.

De acordo com eles, um dos problemas mais comuns, além do som alto, era a falta de banheiros e os maus hábitos de alguns foliões, que costumavam urinar em árvores e nos portões das residências.

Júlio Azevedo mora na rua dos ferroviários, na parte de trás da esplanada, há 33 anos e comentou que o Carnaval nos anos anteriores era o "retrato da baderna".

“Aqui no carnaval só dava pessoas fazendo xixi nessas árvores. A gente tinha que acordar cedo e sair limpando. No último ano até sentei na frente de casa com a minha família pra ver se conseguia impedir, mas eles usaram do mesmo jeito. Agora não está tanto cheiro, dá pra respirar. Ano passado estava podre”, disse.

Para ele, outro fator que contribuiu com o cenário positivo este ano foi o horário reduzido estipulado pela Prefeitura, que ajudou a amenizar os “malefícios” da aglomeração. “ Antes era aquele barulho, né? Era a noite inteira. Esse ano está acabando mais cedo. Dá pra ter um pouco mais de paz. A música alta eu até entendo porque é uma data festiva, mas eles gritavam. A única coisa que ouvi depois das 23h foram algumas bombas”.

Luíz Banaka, de 20, destacou outro ponto importante para os moradores: a segurança. Ele   comentou que este ano realmente sentiu diferença na movimentação dos foliões. “Esse ano realmente melhorou. Não ouvi nem sair briga. Acredito que seja por conta da polícia mesmo. Esse ano eles estão até na Maracaju”.

Para Luíz, outro ponto que contribuiu com o cenário é o policieamento. (Foto: Marcos Maluf)
Para Luíz, outro ponto que contribuiu com o cenário é o policieamento. (Foto: Marcos Maluf)

O atendente de loja também comemorou que as pessoas pararam de urinar no muro da casa onde mora. E apesar do transtorno, ele defende que o Carnaval seja comemorado na esplanada.

“Em qual outro lugar seria? Mudar para a Praça do Papa? Lá tem muito barro. Acho que é bom fazer aqui. Só precisam realmente cuidar mais do pessoal. Esse ano com mais policiamento já surtiu resultado. E independente de onde for vai ter gente reclamando do barulho”, finalizou.

Outro morador, de 33 anos, que não quis ter o nome divulgado, revelou estar surpreso com o cenário. “Esse ano está bem melhor, não tem tanto barulho e pessoas indo fazer xixi aqui, antes quando amanhecia tinha um cheiro terrível. Não teve movimentação qui na rua, não sei se diminuiu a quantidade de gente, mas sei que foi mais tranquilo. Acho que a quantidade de banheiros ajudou, antes não tinha na av. Mato Grosso, agora não tem”, comentou.

Equipes trabalhando na manutenção do palco na esplanada (Foto: Marcos Maluf)
Equipes trabalhando na manutenção do palco na esplanada (Foto: Marcos Maluf)

O profissional de TI explicou que há quatro anos foi assaltado na frente de casa e disse que não tinha tanta segurança na época quanto neste ano. “Fui e foi tranquilo, não vi briga nenhuma. Acho que deve ficar mais tranquilo com o policiamento”, terminou.

Nos siga no Google Notícias