ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, SÁBADO  17    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

MS perde posição, mas ainda está entre os 5 estados que mais vacinam no País

O Estado ficou atrás apenas do Rio Grande do Sul, São Paulo, Distrito Federal e Amazonas

Por Guilherme Correia | 04/03/2021 07:51
Idosa é vacinada contra a covid-19 por profissional de saúde (Foto: Silas Lima/Arquivo)
Idosa é vacinada contra a covid-19 por profissional de saúde (Foto: Silas Lima/Arquivo)

Com 119,7 mil vacinas aplicadas para a primeira dose, Mato Grosso do Sul, com 2,8 milhões de habitantes, tem a 5ª melhor cobertura vacinal até esta quinta-feira (4). Há quase um mês atrás, o Estado era o 4º melhor no País, e, logo no início da campanha nacional de imunização, em meados de janeiro, chegou a ser o 2º.

O levantamento feito pelo Campo Grande News, com base em dados divulgados pelas secretarias estaduais de saúde das 27 unidades da federação brasileira, selecionou apenas os dados do primeiro imunizante. É importante lembrar que, para uma total eficácia de ambas as vacinas aplicadas em solo brasileiro - Coronavac e Astrazeneca - são necessárias duas doses.

A apuração indica, por exemplo, que a população sul-mato-grossense, entre a região centro-oeste, é a 2ª mais bem colocada.

Amazonas, 1º no ranking nacional, aplicou 254,1 mil primeiras doses, e tem cerca de 4,2 milhões de habitantes. Nessa proporção, é como se 60,4 doses fossem aplicadas a cada mil pessoas. No mesmo índice, Mato Grosso do Sul tem aplicado 42,6.

 O Estado ficou atrás apenas do Rio Grande do Sul (43,4 doses por mil habitantes), São Paulo (46,9), Distrito Federal (47,2) e Amazonas (60,4).

Nesse quesito, o Pará é o pior estado no País. São 146,3 mil doses para uma população de quase 8,7 milhões. Ou seja, 16,8 vacinas por mil habitantes.

Duas doses - Já em relação a proporção de doses duplas aplicadas, Mato Grosso do Sul é o primeiro no ranking. Conforme levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa, é como se 1,91% da população sul-mato-grossense tivesse recebido a segunda dose - que só é aplicada em pacientes que já tenham recebido a primeira.

Tabela indica os valores exatos de cada estado brasileiro; MS é o que mais aplicou, proporcionalmente, a segunda dose (Foto: Reprodução/Secretaria Estadual de Saúde)
Tabela indica os valores exatos de cada estado brasileiro; MS é o que mais aplicou, proporcionalmente, a segunda dose (Foto: Reprodução/Secretaria Estadual de Saúde)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário