ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 16º

Cidades

Resende estuda nomes para "continuidade de trabalho" na direção do Regional

Diretora do HR, Rosana Leite de Melo, irá assumir secretaria no Ministério da Saúde, em Brasília

Por Silvia Frias | 16/06/2021 11:05
Rosana de Melo em reunião como ministro Marcelo Queiroga, em julho (Foto /Arquivo: Ministério da Saúde)
Rosana de Melo em reunião como ministro Marcelo Queiroga, em julho (Foto /Arquivo: Ministério da Saúde)

A diretora do Hospital Regional de Campo Grande, Rosana Leite de Melo está em Brasília tratando dos acertos necessários para assumir a secretaria de Enfrentamento à covid-19 do Ministério da Saúde. A pasta foi criada em maio e, até agora, permaneceu sem titular.

A informação do secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende e já há alguns nomes cotados para assumir o hospital, análise que será feita para que “HR não sofra processo de descontinuidade”. O hospital foi definido como unidade de referência no tratamento da covid-19 em MS desde o início da pandemia.

Ontem, Rosana de Melo havia dito que estava ainda pensando na proposta do Ministério da Saúde, apesar dos trâmites burocráticos em andamento: no Diário Oficial da União de ontem havia sido publicado o aval de cedência dela como servidora da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Hoje, segundo Resende, a ainda diretora do HR já tem autorização também do governo estadal para assumir a função no Ministério da Saúde. “Acredito que MS estará representado, ela tem condições de fazer bom trabalho”, disse o secretário.

A médica entra para substituir a infectologista Luana Araújo, que chegou a ser anunciada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, mas teve a nomeação vetada pela Casa Civil da Presidência da República.

Rosana de Melo está à frente do Hospital Regional desde 7 de novembro de 2019, cedida pela UFMS e no comando da instituição durante a pandemia da covid-19.

Rosana é servidora federal desde 2003, em 2014 foi nomeada professora do curso de Medicina da UFMS, foi também diretora da divisão de Desenvolvimento na Educação em Saúde do MEC (Ministério da Educação), em 2017 desempenhou a função de Coordenadora-geral de Residências em Saúde até agosto de 2019.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário