ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 32º

Cidades

Vídeo mostra momento que corpos são localizados em contêiner de fertilizantes

Ao que tudo indica os corpos seriam de imigrantes ilegais vindos da Europa para a América do Sul.

Por Marcos Rivany e Helio de Freitas, de Dourados | 23/10/2020 17:09

O vídeo foi enviado para o whatsapp do Direto das Ruas e mostra quando o contêiner com sete corpos é aberto, em Assunção, no Paraguai.

Na imagem, logo de início, é possível ver um crânio em avançado estado de decomposição. Acima dos sacos de fertilizantes vindos da Europa, outro corpo. Quanto mais os sacos eram retirados por máquinas, mais cadáveres iam sendo encontrados.

O contêiner com fertilizante foi encomendado da Sérvia, país do leste europeu . Corpos seriam de imigrantes ilegais. Dois deles já foram identificados. Fones de ouvido, colchões, travesseiros, celulares, bateria externa, biscoitos e outros produtos também estavam no compartimento.

Restos mortais encontrado em contêiner no Paraguai. (Foto: Divulgação)
Restos mortais encontrado em contêiner no Paraguai. (Foto: Divulgação)

Os corpos foram encontrados na manhã desta sexta-feira (23) pelo dono dos fertilizantes, que acionou a polícia assim que se deparou com o primeiro cadáver. Ele encomendou o produto em julho deste ano e o contêiner chegou no dia 19 no porto de Villeta, no Paraguai, segundo o site ABC Color.

Identificados - Dois corpos já foram identificados. Ahmed Belmiloud, 20, de nacionalidade marroquina, e Yasa Barabara, 19, natural do Egito. A polícia os identificou por passaportes.

Direto das Ruas -  A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563. Clique aqui e envie agora uma sugestão.


Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário