A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/03/2016 21:44

Família de inventor de larvicida celebra participação em programa de tv

Fernanda Yafusso
Familiares de Gabriel se reuniram para comemorar participação do jovem no programa de tv (Foto Arquivo Pessoal)Familiares de Gabriel se reuniram para comemorar participação do jovem no programa de tv (Foto Arquivo Pessoal)
Gabriel, à direita, participou de um almoço em família para comemorar a divulgação de seu projeto (Foto Arquivo Pessoal) Gabriel, à direita, participou de um almoço em família para comemorar a divulgação de seu projeto (Foto Arquivo Pessoal)

Após inventar um larvicida que, ao entrar em contato com a água, é capaz de em um dia matar as larvas do mosquito Aedes aegypti, o campo-grandense Gabriel Tiago Galdino de apenas 20 anos, fez uma demonstração de seu invento em rede nacional, na tarde deste sábado (5), no programa Jovens Inventores do Caldeirão do Huck.

A família se reuniu para conferir a participação do estudante e comemorar mais essa conquista. Segundo o pai de Gabriel, Odenir Galdino de 48 anos, os familiares fizeram um churrasco para comemorar.

"Ninguém imaginava a repercussão que teria esse invento. Eu fiquei emocionado porque esse invento é para a população de Mato Grosso do Sul. Tivemos a oportunidade de mostrar que o povo do nosso Estado tem o dom na área da tecnologia", conta.

Durante sua participação no programa, Gabriel conta que ficou nervoso. "Tive um pouquinho de medo, mas meus professores estavam todos lá. Estava com medo de falar alguma bobagem", comenta. 

Após divulgação da reportagem no Campo Grande News, sobre o invento do filho, o pai de Gabriel conta que vários amigos e parentes começaram a ligar parabenizando a família. "Hoje teve até uma homenagem para ele na escola José Maria Hugo Rodrigues, organizada pelos pais, alunos e funcionários" diz.

Antes da exibição de sua participação no quadro, Gabriel postou em sua página no Facebook uma mensagem de agradecimento aos que ajudaram no desenvolvimento do projeto.

"Gostaria de anunciar que estarei hoje no quadro Jovens Inventores do Caldeirão do Huck. Queria agradecer meus orientadores: Adilson Beatriz, Felicia Ito por me apoiarem sempre e queria mandar um abraço especial para o professor Antonio Souza que é um grande parceiro e ajudou muito no desenvolvimento do projeto. Valeu gente! Próximo passo: BBB 17", publicou.

Jovens Inventores - O objetivo do quadro é descobrir e mostrar para todo o Brasil boas iniciativas de jovens que encontram soluções para problemas de suas comunidades através de inovações. Os que apresentam ideias inteligentes e eficientes recebem um prêmio em dinheiro.

Gabriel recebeu nota 10 dos três jurados que avaliaram seu invento durante o programa. E como prêmio, levou para casa a quantia de R$ 30 mil para investir na continuação do desenvolvimento do projeto.

Invento - Gabriel chegou até a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) por meio de programa de iniciação científica da Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul), chamado ICJunior. Um grupo de estudos da universidade já trabalhava pesquisando o líquido da casca da castanha de caju.

O estudante resolveu preparar um larvicida para ver se teria resultados positivos contra as larvas do mosquito e obteve resultados positivos. O produto leva 24h para fazer efeito e é baseado em óleo de mamona e líquido do subproduto da castanha de caju.

Desde 2012, ainda aos 16 anos, o jovem chamava a atenção pela descoberta e até hoje o produto espera algum interessado em viabilizá-lo comercialmente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions