A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/10/2015 21:40

Feriado marcado por 8 mortes e excesso de velocidade nas rodovias

Flávio Paes
Acidente com saldo trágico na BR-060 (Foto:Gerson Walber)Acidente com saldo trágico na BR-060 (Foto:Gerson Walber)

O balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal por volta das 17 horas desta segunda-feira, mostra que o fim de semana prolongado pelo feriado de Nossa Senhora Aparecida, foi marcado por acidentes que resultaram na morte de oito pessoas. O último deles, na BR-060,perto de Sidrolândia, morreram  mãe (Fabiana de Oliveira) e filho ( João Victor de Oliveira, de 8 anos de idade). O Gol em que viajavam, com outras três pessoas  (vinham de Bonito para Campo Grande) foi atingido lateralmente por um Honda Civic que depois da aquaplanagem, invadiu a pista contrária.No total, a estatística parcial é de 18 acidentes, com nove feridos.

Os motoristas não se inibiram com a fiscalização da PRF. Os radares flagraram veículos trafegando a 160 km/h em locais onde o limite de velocidade varia entre 80 km/h e 100 km/h.Um caminhão também foi identificado muito acima da velocidade permitida, a 133 km/h. As multas para esses casos são de R$ 574,62. Até ontem, dia 11, tinham sido aplicadas 12 multas por excesso de velocidade ; 146 por ultrapassagem em locais proibidos e dois motoristas foram presos porque estavam dirigindo bêbados. 

Via de regra, a imprudência foi a causa determinante dos acidentes graves. Na sexta-feira (9), por exemplo, na BR-163, em São Gabriel do Oeste, um jovem de 22 anos morreu depois de ter a moto que conduzia atingida por uma caminhonete que invadiu a preferencial.

No sábado, quatro pessoas morreram em um acidente na BR-158 em Paranaíba. Conforme relato de testemunhas polícia , o condutor de um Corsa Classic tentou uma ultrapassagem, perdeu o controle da direção depois do veículo deslizar em grãos de milho pela pista e colidiu de frente com um Uno e com um Opala. Os ocupantes do Uno e a passageira do Corsa morreram na hora.

Também na BR-158, , Eni Margarida Battisti, 57 anos, morreu depois colidir o veículo que conduzia, um Fox, em uma carreta bitrem. O motorista da carreta informou que tentava atravessar a rodovia para estacionar no acostamento do lado oposto quando houve o acidente.

Em um dos casos, um condutor que estava alcoolizado causou a colisão que matou quatro pessoas: Gabriela Duarte de Souza, de 8 anos, Lucas Duarte de Souza, de 12 anos, Wanderson Duarte e uma amiga da família, Jocelise Pereira de Oliveira, 34 anos. Só sobreviveu a mãe das crianças e esposa de Wanderson, Hellen Rolon de Souza Duarte.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions