A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/11/2017 10:41

Somente no mês de novembro, Estado registrou 149 mil raios

No dia 11, por exemplo, foram 558 descargas elétricas na capital sul-mato-grossense

Viviane Oliveira
Raio ilumina céu de Campo Grande. (Foto: arquivo: André Bittar) Raio ilumina céu de Campo Grande. (Foto: arquivo: André Bittar)

Em menos de 30 dias, Mato Grosso do Sul registrou 149.520 quedas de raios. Somente em Campo Grande, foram contabilizados 1.411 ocorrências no fim de semana (dias 25 e 26). No total, do dia 1º até ontem, foram 3.053 casos. No dia 11, por exemplo, caíram 558 raios na capital sul-mato-grossense.

No dia 16 de novembro, por exemplo, Reinaldo Fernandes, 36 anos, morreu após ser atingido por raio em uma fazenda, que fica às margens da BR-267, no município de Rio Brilhante. O cavalo em que a vítima seguia também foi atingido e morreu. Fernandes era morador do assentamento Fortuna. Durante uma tempestade nunca se deve esconder debaixo de locais que atraem raios como árvores. 

Chuvarada - Campo Grande registrou no fim de semana 58, 9 mm (milímetros) de chuva somente na região do Carandá Bosque. Do dia primeiro até agora, já choveu 42,02% a mais do esperado para todo o mês de novembro.

O temporal de sábado acompanhado com ventos de 62 km/h e de raios derrubou árvores sobre residências, carros e fiação elétrica. Também foram registrados destelhamento de casas no Loteamento Vespasiano Martins, região sul. Também houve registros de temporal com estragos em Bataguassu e Ivinhema.

A chuva deve continuar nos próximos dias em razão de um centro de baixa pressão no norte do Paraguai, que fortalece as áreas de instabilidade em todo o centro-norte, oeste e nordeste do Estado com pancadas de chuva e trovoadas. Muitas nuvens, mas com pouca chance de chuva nas regiões sul e sudeste. A temperatura máxima em Campo Grande deve ficar na casa dos 28ºC.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions