A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

15/06/2009 16:02

Ação pede a demolição de rancho e casa às margens de rio

Redação

Ação conjunta dos ministérios público Federal e Estadual pedem a demolição de dois imóveis construídos às margens do Rio Paraguai, no distrito de Albuquerque, em Corumbá, a 426 quilômetros de Campo Grande. Além da destruição, os promotores querem a recuperação da áreas degradadas e a cobrança de multa por danos morais não inferior a R$ 50 mil.

O primeiro alvo da ação é o Rancho Feliz, imóvel de 675 metros quadrados e que tem seis proprietários. O outro é uma residência de 143 metros quadrados. Eles teriam destruído mata nativa.

Segundo a assessoria do MPF, as construções ocorreram em área de preservação permanente.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions