A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/10/2016 14:30

Acusado de matar Betão, filho de vereador é preso “por acaso” pela PF

Guilherme Henri
Oscar Ferreira Leite Neto, o “Oscarzinho”, 30 anos (Foto: Reprodução/ Facebook)Oscar Ferreira Leite Neto, o “Oscarzinho”, 30 anos (Foto: Reprodução/ Facebook)

Oscar Ferreira Leite Neto, o “Oscarzinho”, 30 anos foi preso pela Polícia Federal na tarde de ontem (1º), com uma arma de fogo de uso restrito próximo na avenida Brasil, em Caracol – a 364 quilômetros de Campo Grande.

Ele é investigado pelo Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros) por ser suspeito de participar da morte do policial civil Anderson Celin Gonçalves da Silva, 36, e do pistoleiro Alberto Aparecido Roberto Nogueira, 55, o “Betão”.

Os dois foram encontrados carbonizados, dentro da caminhonete de Betão, uma Toyota Hilux, no dia 21 de abril deste ano, perto do lixão de Bela Vista, município vizinho a Caracol. Desde então, Oscarzinho estava foragido da polícia.

Corpos foram encontrados carbonizados na caminhonete de Betão (Foto: Direto das Ruas)Corpos foram encontrados carbonizados na caminhonete de Betão (Foto: Direto das Ruas)

A informação é do delegado que investiga o caso, Marcio Obara, que detalhou que a prisão do suspeito foi realizada “por acaso”. “Equipes da PF realizavam fiscalização no município por conta da eleição. Eles abordaram uma caminhonete e lá encontraram Oscarzinho. Como ele estava com uma arma de calibre 22 magnum, que é de uso restrito acabou preso”, revela o delegado.

Em contato com a Polícia Civil de Bela Vista – a 322 quilômetros da Capital – investigadores informaram que o suspeito não ficou detido no município. “Provavelmente ele foi removido para outro local. A princípio não foi trazido para Campo Grande, no entanto, nos próximos dias devo pedir para ouvi-lo para dar sequência nas investigações do duplo homicídio”, adianta Obara.

O policial Anderson Celin Gonçalves da Silva (Foto: Reprodução/Facebook)O policial Anderson Celin Gonçalves da Silva (Foto: Reprodução/Facebook)
Betão era conhecido com um dos maiores pistoleiros de MS (Foto: Reprodução)Betão era conhecido com um dos maiores pistoleiros de MS (Foto: Reprodução)

Calça jeans - Além, de Oscarzinho, Guilherme Gonçalves Barcelos, 31, também estaria envolvido com o duplo homicídio. No entanto, após ser preso no dia 25 de junho deste ano, em um hotel, localizado no centro da Capital o ele se matou com uma calça jeans, em uma cela do Garras.

Caso – As investigações correm em segredo de justiça. Porém, na data o Campo Grande News apurou que Oscarzinho e Betão seriam conhecidos e no dia da morte do pistoleiro e do policial civil os três teriam pescado juntos na região de Caracol.

A suspeita é que Oscar tenha usado a pescaria como desculpa para preparar a emboscada.
Outra informação que não foi confirmada é de que Betão e o investigador Anderson estavam na região de Bela Vista para receber uma dívida, o que teria motivado a contratação de Oscarzinho e seus comparsas para eliminá-los.

Guilherme Gonçalves Barcelos, 31 teria se matado com uma calça jeans em uma cela do Garras (Foto: Reprodução/Facebook)Guilherme Gonçalves Barcelos, 31 teria se matado com uma calça jeans em uma cela do Garras (Foto: Reprodução/Facebook)

Outra informação que não foi confirmada é de que Betão e o investigador Anderson estavam na região de Bela Vista para receber uma dívida, o que teria motivado a contratação de Oscarzinho e seus comparsas para eliminá-los.

Matador – Oscarzinho é filho do vereador de Caracol, Eyde Jesus Rodrigues Leite (PSL). Na data que seu filho era procurado pela polícia, o político também chegou a ser preso por porte ilegal de arma de fogo.

O Campo Grande News chegou a apurar que ele já morou em Ponta Porã e é conhecido em toda a região de Bela Vista como pistoleiro frio. “Ele mata qualquer um dando risada”, disse um morador da região, que preferiu ficar no anonimato.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions