A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/05/2011 16:02

Administradora de cartão terá de restituir cliente por juros abusivos

Angela Kempfer

O Tribunal de Justiça negou recurso à rede Carrefour, especificamente à Administradora de Cartões de Crédito, Comércio e Participações e manteve a sentença favorável a cliente para revisão de contrato.

O titular do cartão de crédito Carrefour alegou que no período de um ano pagou, a título de encargos financeiros, pagou valor superior a R$ 1 mil reais e que a empresa cobra juros acima do valor legal, pois são superiores a 10% e cumulativos, o que segundo o apelado torna a dívida impagável.

Já a empresa defendia que não é possível a revisão das cláusulas contratuais, porque o consumidor tinha conhecimento das regras em caso de inadimplência.

Em primeira instância, foi concedida ao consumidor a devolução em dobro do valor cobrado. A Carrefour Administradora de Cartões de Crédito recorreu e agora foi condenada a compensar os valores pagos a maior e restituir ao consumidor, mas de forma simples, sem ser em duplicidade.

Os desembargadores do TJ consideraram que os juros devem permanecer conforme pactuado, mas desde que respeitado o limite da taxa média praticada na época da celebração do contrato, fixada pelo Banco Central, que eram menores que os pagos pelo cliente.



Estou sofrendo com o Carrefour tambem, estão cobrando encargos do rotativo de 15,99 e se pagar algum dia de atraso eles cobram 18,59% do saldo de atraso, ABSURDO sendo um total de 34,58% ao mes, fui ao procon e me deram uma carta e pediram explicações ao carrefour com relação ao juros. Não me nego em pagar, mas somente o que é devido não esse absurdo que eles estão cobrando. Hoje vence minha fatura e o minimo é 885,37 e não tenho de onde tirar e o parcelamento é de R$ 893,37 mais 8x 1.084,43 = R$ 9.568,81... mais que roubo isso. Se o procon não resolver vou no pequenas causas... mas deixar pra lá.... NUNCA ... Detalhe isso já vem sendo cobrado a mais de 2 anos......fiquem atento..... pois não sei o que fazer.
Silvia
 
MARI SILVIA DA S. SOUZA em 10/07/2013 15:18:09
QUERIDOS AMIGOS ,QUE ESTÃO DEFENDENDO O CARREFOUR E OUTROS ORGÃOS, ELES PODEM ATÉ QUERER RECEBER AS DIVIDAS , TUDO BEM O PESSOAL QUE ESTA RECLAMANDO SABIA DOS JUROS , MAS PORÉM, COMO PODE O CARREFOUR COBRAR 15,99, SE ESTAMOS PASSANDO POR QUEDA DE JUROS NO PAIS INTEIRO, E ELS COBRAREM ESTAS TAXAS???
 
FLORISMALDO MENDES DE FREITAS em 31/05/2012 07:46:55
Inclusão Social?
A pessoa aceita as cláusulas contratuais, aceita os juros e depois vem reclamar?

E sempre tem gente pisando em quem esta por baixo, cuidado se quem esta por baixo afunda quem esta por cima vai indo junto. Inclusão social não é exatamente dar milho aos tubarões para eles irem comendo.

Aceitar nascer não implica em concordar em morrer, mesmo sabendo que isso vai acontecer um dia, mas as pessoas morrendo lutando para viver.
As cláusulas contratuais bancarias são unilaterais e não são justas, bancos são como os urubus que comem carniça. Só alguns bonitões privilegiados defendem esses urubus, talvez sejam também.

 
Jose Luis em 28/06/2011 02:20:25
Como é gostoso acreditar na justiça.tambem tenho problema com cartão magazine luiza,e agora vou recorrer a justiça pois não me nego a pagar,porém juro é maior que divida 5 vezes.Obrigado srs da JUSTIÇA.
 
luiz carlos em 17/05/2011 09:28:08
Que coisa! Um é espancado nas lojas americanas, outros extorquidos pelos cartões do Carrefour e as coisas vão por ai. Só estão esquecendo que por trás do Cartão Carrefour tem um grande banco escondido que se diz o bom na tecnologia.
 
Carlos Alberto em 17/05/2011 09:25:49
Alguém já viu os juros cobrados pelo COMPCARD?
18% ao mês, 518% ao ano. Os agiotas estão envergonhados
 
Raimundo Nonato em 17/05/2011 09:23:17
A pessoa aceita as cláusulas contratuais, aceita os juros e depois vem reclamar? Tá de brincadeira né? Se não quer dívida nas as faça. Guarde seu dinheiro e compre " à vista. Esse mundo tá perdido. Agora o cara se enche de dívida, não paga quem lhe emprestou dinheiro (com os juros já conhecidos) e a justiça ainda ferra c/ as operadoras? O errado não é a operadora de cobrar suas taxas, errado é o cara pegar e não pagar, esse sim devia indenizar a operadora pelo prejuízo causado.
Só nesse Brasil mesmo. Cada coisa...
 
Marcos Cardoso em 17/05/2011 08:47:29
Mais uma jurisprudência interessante, porem, é dever relatar que o TJ/MS vem corroborando com este entendimento a algum tempo, a meu ver de forma correta, tendo em vista que os clientes sempre são prejudicados com estes encargos financeiros monstruosos. Mas de nada adianta este entendimento se o consumidor não procurar seus direitos, tenho acompanhado/atuado em casos semelhentes e quase sempre bem sucedidos, com a devolução de cobranças abusivas.
 
ALFREDO CHAGAS CHEBEL em 17/05/2011 08:44:08
Também parabenizo a justiça, pois o carrefour vem cobrando taxas abusivas para financiamento de suas mercadorias e não adianta reclamar ao carrefour, assim, gostaria de saber se essa setença de revisão de contrato se estende aos demais consumidores...
 
Luiz Brandão em 17/05/2011 08:01:18
Que bom... ate que enfim, parabens ao tribunal de justiça, pelo menos da parte dos senhores desembargadores, a lei foi aplicada. justiça feita... Fica esperto carrefour e outras empresas também que gosta de abusar do consumidor.
 
noemi melgarejo pedro em 17/05/2011 07:47:22
O pior de tudo é que sou obrigada a concordar com o Marcos Cardoso! Os juros são abusivos? Até são! Mas... se o cartões forem pagos em dia, o cliente ganha né? Nas compras parcelas e etc! Acontece que a maioria de nós (isso é uma verdade), não faz conta! Apenas vê a propaganda, se empolga, e esquece do tanto de parcelinha que vai acumulando! Esse é o Brasil da Inclusão Social (nada contra, mas com certeza, essa inclusão vai quebrar muuuuuuuuuuitos)! Triste, muito triste! Um cenário econômico pintado de colorido mas que, se chegarmos bem perto da tela, veremos apenas nuances em preto e branco!
 
Ana Cláudia em 17/05/2011 05:25:11
A Administradora de Cartões de Crédito do Carrefour é um doce, coisa de criança, se comparada à famigerada Fininvest e sua irmã gêmea Losango.
Se os juros dessa administradora são abusivos, os dessas duas são INESCRUPULOSOS.
Vou anotar, porque é uma jurisprudência muito útil para o caso de alguém tentar novamente levar minha alma no pagamento de uma conta.
 
Mirian Costa em 16/05/2011 08:15:46
Que bom que nossa Justiça Estadual mantém esse entendimento. É um absurdo o que os Bancos e Administradoras de Cartão de Crédito fazem com os clientes que, em muitos casos, se desesperam e se prejudicam muito pela pressão absurda que fazem, além do terrorismo das cobranças muitas das vezes ilegal e abusiva. Atuamos em vários casos desse tipo e o sucesso depende somente da decisão do cliente.
 
Christopher Pinho Ferro Scapinelli em 16/05/2011 07:55:41
PARABENS DESEMBARGADORES, FINALMENTE EXISTE LEI NESSE PAÍS. AGORA SÓ GOSTARIA DE SABER ONDE E QUEM PROCURAR PARA SITUAÇÕES SIMILARES A ESSA QUE TANTOS CIDADÕES ESTAO PASSANDO. AS OPERADORAS ABUSAM NA COBRANÇA POIS ACREDITAM QUE 99% DA POPULAÇÃO PAGA E NAO RECLAMA, PQ NAO SABEMOS O CAMINHO A PERCORRER SEM TER CUSTA DE ADVOGADO.
 
LUCIANO MARQUES em 16/05/2011 06:59:03
Parabens pela decisão da justiça em fazer do consumidor, pois o Carrefour so quer saber em vender não importando em cobrar juros e taxas abusivas dos seu clientes.
Se todos os que se setirem lesados entrarem na justiça quem sabe eles reavaliem seus juros e taxas .
 
ROSINEI GONÇALVES em 16/05/2011 05:30:06
Bom, se valer a lei da jurisprudencia formada, anotem esta súmula e veja se é vinculante, que coloquem de molho as barbas o povo da visa master card e outras. Extremamente selvagem a abordagem das operadoras quando a pessoa atrasa e/ou nao paga a conta em dia. Deve existir alguém ou algum grupo suficientemente influente para equilibrar estas forças que são literalmente covardes quando se trata de relações de mercado.
 
CLÁUDIO MOREIRA em 16/05/2011 05:10:31
Ufa! até que enfim a Justiça resolveu agir nestes casos. O Carrefour nao se importa com seus clientes e mete juros abusivos em cima do cartão. Parabens Judiciario, vamos reagir, dá tempo ainda. Provocando a justiça ela tarda mas não falha.
 
ADEMAR REYNOSO DE FARIA em 16/05/2011 04:34:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions