A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

03/07/2010 09:43

Advogado visita empresário, que reafirma ser inocente

Redação

O empresário Luiz Afonso Andrade, 42 anos, preso desde ontem suspeito do envolvimento na morte da arquiteta Eliana Nogueira, 39 anos, com quem era casado, recebeu neste sábado pela manhã a visita do advogado, Rui Lacerda, no 4º Distrito Policial, no bairro Moreninhas. Ao sair, após uma breve conversa, de pouco mais de 10 minutos, Lacerda afirmou que foi à delegacia tratar de assuntos relacionados à contratação dele por parte de Andrade.

Nessa conversa, contou, o empresário reafirmou ser inocente e disse que as provas a serem coletadas vão comprovar isso. Sobre um eventual pedido de liberdade, Lacerda disse que vai aguardar o andamento do caso para decidir o que será feito.

Ele disse que não é possível recorrer da prisão temporária, decretara ontem pela Justiça Comn isso, o empresário deve ficar preso 30 dias, prazo que pode ser prorrogado. Em caso de a prisão preventiva ser decretada, neste caso sem prazo, aí o advogado pode entrar com pedido de liberdade.

Luiz Afonso foi preso ontem à tarde, suspeito de envolvimento na morte da mulher, com quem havia rompido há 3 dias. Na quinta-feira, eles haviam ido juntos a uma festa e ele é apontado com a última pessoa que viu Eliane neste dia.

O corpo dela foi encontrado carbonizado, no veículo Polo pertencente à arquiteta. A Polícia Civil, pelos levantamentos feitos até agora, aponta que há fortes indícios de que tenha sido um crime provocado por ciúmes.

O IML (Instituto Médico Ondológico Legal) ainda não liberou o corpo de Eliane. Hoje cedo, familiares estavam no local e não quiseram falar a respeito. Afirmam que, neste momento, querem apenas fazer a despedida da arquiteta.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions