A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

29/12/2008 11:08

André proíbe servidora de atuar apenas em sindicato

Redação

Decreto assinado pelo governador André Puccinelli (PMDB), publicado na edição do Diário Oficial do Estado, do dia 24 de dezembro, proíbe a servidora Lílian Olívia Fernandes, de atuar exclusivamente no sindicato presidido por ela, o SindSad (Sindicatos dos Trabalhadores da Administração do Estado)

.

O decreto revoga a liberação, publicado em agosto deste ano. Com isso, Lílian continua presidente do SindSad, no entanto, também tem que prestar serviço na Setass (Secretaria de Estado de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária).

Lílian explica que devido a quantidade de servidores sindicalizados, ela, como presidente, pode atuar exclusivamente como representante deles.

Ela diz que não sabe o porquê da proibição do governador de dedicação exclusiva ao Sindicato e que já foi encaminhado a ele um ofício pedindo explicações. "Isso fere a autonomia, a democracia", diz a sindicalista.

O governador afirmou que não foi ele quem assinou o decreto. "Não sou eu quem fez.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions