A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

15/08/2018 16:59

Aplicativo vai reduzir evasão escolar e cortar custos, afirma governador

Reinaldo Azambuja afirma que Mira Aula também ajudará na aproximação entre pais e escolas

Humberto Marques e Anahi Gurgel
Governador afirma que uso do app permitirá melhor controle da evasão escolar e redução de custos. (Foto: Paulo Francis)Governador afirma que uso do app permitirá melhor controle da evasão escolar e redução de custos. (Foto: Paulo Francis)

Apresentado nesta quarta-feira (15) em ato na Governadoria, o programa Mira Aula, que visa a implantar um controle eletrônico de frequência de alunos na rede estadual de ensino, ajudará a reduzir a evasão escolar e os custos do setor. A avaliação é do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), segundo quem a iniciativa também aproxima os pais das escolas.

O aplicativo será instalado em smartphones de professores e, por ele, será possível lançar a frequência dos alunos em sala de aula, inclusive comunicando os familiares e repassando as informações à SED (Secretaria de Estado de Educação). A diferença com o atual sistema online inclui, além da velocidade no processamento de informações, a possibilidade de captação dos dados sem conexão à internet –as informações são enviadas assim que o sinal estiver disponível.

“Uma das principais consequências dessa iniciativa é reduzir a evasão escolar e, consequentemente, os custos. A partir do momento que o aluno reprova de ano, além de todo o transtorno pelo qual a família passa, gera-se custo para o Estado”, destacou o governador. Ele ainda considerou que o Mira Aula contribuirá com a segurança e aproximação de pais ou responsáveis pelos estudantes das escolas “e com a melhora da qualidade do ensino”.

Tecnologias – O governador destacou que o Mira Aula, desenvolvido por uma startup, é um novo avanço tecnológico para a educação de Mato Grosso do Sul. Ele destacou que programas como a Matrícula Digital e a automação na gestão de contratos já estão presentes, com todos os contratos do governo estadual inseridos em sistema eletrônico de controle, “o que garante mais segurança e transparência aos processos”.

Nessa área, o governador também ressaltou a parceria público-privada que visa a interligar os 79 municípios do Estado por meio de rede de fibra ótica, “para aumentar a velocidade e resolutividade” na transmissão de informações e resolvendo problemas relacionados à lentidão das redes existentes. “Isso gera um ganho enorme para o poder público”. A “PPP da Banda Larga”, como se referiu Reinaldo à iniciativa, terá editais publicados em breve.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions