A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

08/07/2018 09:44

Após cirurgia da catarata, a alegria de quem voltou a ver o mundo em cores

Pacientes do interior retornaram hoje para a Capital para o pós-operatório e contaram o que mudou na rotina depois de anos sem enxergar.

Adriano Fernandes e Mirian Machado
Pacientes ainda usam óculos de sol contra os raios solares após as cirurgias. (Foto: Paulo Francis) Pacientes ainda usam óculos de sol contra os raios solares após as cirurgias. (Foto: Paulo Francis)

Pacientes do interior do Estado que fizeram as cirurgias de catarata, durante a fase da Caravana da Saúde no Parque Ayrton Senna em Campo Grande, retornaram à Capital neste domingo (08) para o pós-operatório dos procedimentos. Um esforço que segundo eles é pequeno, diante da possibilidade de voltar a ver o mundo em cores, depois de anos sem enxergar enquanto aguardavam atendimento pelo SUS.

“É você mesma ? Perguntei para a minha esposa quando voltei a enxergar ela depois da cirurgia”, brincou o corumbaense Luiz Carlos Alvez, de 67 anos, enquanto aguardavam o retorno para casa, após os atendimentos em mutirão montado na Acadepol (Academia de Polícia Civil), no Parque dos Poderes,  nesta manhã.

Luiz que é comerciante, ficou oito meses esperando atendimento até conseguir a cirurgia, no último dia primeiro. “E minha visão já esta uns 90% e sei que logo, logo, vai estar em 100%”, comemora. 

Situação ainda mais crítica era a dona de casa Maria Madalena de Jesus Tavares, de 70 anos, que por seis anos aguardava uma vaga. “Eu já não enxergava mais nada. Dois dos meus 3 netos eu não sabia nem como era o rosto deles, minha filha quem me ajudava a andar”, se queixa.

Pacientes que aguardavam o retorno para casa após os atendimentos. (Foto: Paulo Francis) Pacientes que aguardavam o retorno para casa após os atendimentos. (Foto: Paulo Francis)

Também de Corumbá, a idosa conta que tanto o transporte quanto a estadia na Capital foram bancados pela prefeitura do município. “Estou muito feliz. Eu não enxergava nada e agora vejo de um tudo”, diz. Mesma reação de dona Maria Aleotenir Rodrigues dos Santos, de 62 anos,que mora em Corguinho.

No oficio em serviços gerais, enxergar era um desafio nos 21 anos em que viveu sem enxergar do olho esquerdo. “Semana retrasada eu fiz o procedimento e é um alívio não precisar mais forçar a visão de um só olho. Agora trabalho mais tranquila”, conclui.

Além de pacientes de Corumbá e Corguinho, também passaram pelo pós-operatório na Acadepol pacientes de Nova Andradina, Amambai, Chapado do Sul e Rochedo. A previsão de retorno para novas consultas é o dia 01 de agosto quando serão avaliados quais deles precisarão usar óculos de grau.

Caravana da Saúde

Os atendimentos da Caravana da Saúde no Parque Ayrton Senna ocorreram entre os dias 22 de junho até 06 de julho. Mas o programa manterá os atendimentos em quatro outros hospitais até o fim do ano, mas somente os pacientes agendados. Na Santa Casa, Maternidade Cândido Mariano, Hospital Regional e São Julião.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions