A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/10/2010 09:29

Artuzi foi internado ontem à noite com dores abdominais

Redação

O prefeito afastado de Dourados, Ari Artuzi (expulso do PDT), chegou com dores abdominais ontem à noite ao Hospital Adventista do Pênfigo, em Campo Grande. As informações são da assessoria de imprensa da unidade hospitalar.

Artuzi está internado aguardando resultado de exames médicos. O hospital não fornece mais detalhes sobre o estado de saúde do paciente. Um boletim médico será divulgado até às 16h.

Artuzi está preso há 50 dias em Campo Grande. Ontem à tarde, o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) deferiu o pedido de internação solicitado pela defesa do prefeito afastado. Artuzi estava na carceragem do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos, Assaltos e Sequestros).

O prefeito afastado já havia necessitado de atendimento médico e, recentemente, foi levado a um posto de saúde, onde recebeu medicação. Inicialmente, foi divulgado que Artuzi deixou o Garras no período da manhã, informação já corrigida na matéria anterior.

Cadeia - Nesta semana, o TJ manteve a prisão preventiva de Artuzi e não há previsão para que ele seja solto. A defesa também pediu habeas corpus no STJ (Superior Tribunal de Justiça), mas ainda não obteve resposta.

Ari Artuzi foi preso em primeiro de setembro pela PF (Polícia Federal), durante a Operação Uragano (furacão em italiano).

A investigação revelou um esquema de desvio de dinheiro e pagamento de propina que envolvia a prefeitura, a Câmara Municipal de Dourados e empresários. Sessenta pessoas foram denunciadas à justiça pelos crimes.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions