A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

14/11/2013 07:14

Assembleia de indígenas e lideranças deve reunir 600 pessoas nesta quinta

Aliny Mary Dias

Mais de 600 indígenas e lideranças das etnias Terena e Guarani-Kaiowá devem participar das discussão da Grande Assembleia do Povo Terena. O evento teve início ontem (13) em Nioaque, a 179 quilômetros da Capital, com apresentações culturais.

Nesta quinta-feira (14), as lideranças irão discutir sobre a questão territorial. Amanhã o assunto principal a ser debatido entre os índios é a educação indígena nas aldeias. Entre as discussões está a presença de um representante indígena no conselho nacional do MEC (Ministério da Educação).

No sábado (16) está marcado o encerramento da assembleia que debaterá as questões finais discutidas durante o evento. Os conselhos dos povos indígenas e um documento final que será confeccionado também serão destaques do último dia.

Termina na 4ª feira prazo para adotar cartinha e ajudar Papai Noel dos Correios
Termina na próxima quarta-feira (dia 13) o prazo para quem quiser adotar uma cartinha do projeto Papai Noel dos Correios. Os interessados devem compa...
Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...


eu gostei muito dessa assembléia na minha querida terra indígena de nioaque no estado de mato grosso do sul;que teve como a pauta assuntos como a saúde indígena;eu ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii demais .BJS AO POVO TERENA QUE COMPARECEU NESSE ENCONTRO A ALDEIA LALIMA,E AS DEMAIS ALDEIAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
ANIBAL DA SILVA GALEANO em 18/11/2013 17:10:59
Os índios do Mato Grosso do Sul são os mais maltratados e desrespeitados em todo Brasil. Em certas situações são tratados pior que cachorros. Conheço toda a história indígena desde o "Descobrimento" digo invasão do Brasil e do genocídio sistemático dos povos indígenas. Já passou da hora de se fazer justiça a essa gente. Mas que não cometa injustiça com os fazendeiros. Que se de a eles a justa indenização como se faz para os sem terras.
 
jose maria santos em 14/11/2013 09:43:30
Paz no Campo, Demarcação JÁ!!! Sãos índios de hoje preparando uma nova geração para um futuro, sem conflitos e em paz com os não índios.
 
samuel gomes-sidrolandia em 14/11/2013 08:56:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions