A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

01/10/2013 17:25

Banco do Brasil retira cartazes, mas greve fecha 92% das agências

Zana Zaidan

Clientes que passaram por agências do Banco do Brasil em Campo Grande, na tarde hoje (1º), notaram a ausência dos cartazes que informam sobre a greve dos bancários e, por isso, acreditaram que o banco estatal havia suspenso a paralisação. No entanto, a paralisação continua e até ganhou força na Capital, com a adesão fechando 92% das agências. 

Mas, conforme o Sindicato dos Bancários de Campo Grande, a greve está mantida e os cartazes foram retirados temporariamente em sinal de protesto. “Alguns funcionários estão sendo ameaçados de demissão, caso continuem aderindo à greve. Retirar os cartazes foi a forma que encontramos de manifestar nosso repúdio a esse assédio”, esclareceu a presidente do sindicato, Iaci Azamor.

Ainda segundo Azamor, a greve não só continua como mais agências da Capital aderiram ao movimento. Na semana passada, 88 das 100 agências bancárias estavam com os trabalhos suspensos, hoje, já são 92. “E estamos negociando para ampliar a adesão. Esperamos que, ainda nessa semana, 100% das agências estejam paradas”, disse a sindicalista.

O Código de Defesa do Consumidor estabelece que 30% do atendimento deve ser mantido durante a paralisação o que, segundo Azamor, é garantido pelos terminais de atendimento. "Não significa que 30% do bancários devam trabalhar, mas que o atendimento emergencial, como saques e pagamentos de boletos seja oferecido, e isso pode ser feito nos caixas eletrônicos". 

Manifestação – Ainda como parte do movimento grevista, a direção do Sindicato realizou manifesto na frente da agência do Santander da Rua Dom Aquino, sede da superintendência regional do banco. “É um dos bancos que mais dificultam a negociação com a classe dos bancários”, justificou Azamor.

A greve entrou na terceira semana e a categoria pede reajuste de 11,93%, o que representa aumento real de 5% acima da inflação. Outro pedido é o fim das demissões e das metas abusivas e da terceirização. O mês de setembro é data-base para negociação salarial da categoria.

Há 11 dias em greve, funcionários dos Correios se unem para doar sangue
À espera da resposta dos Correios após o envio de uma nova contraproposta na tarde de ontem (26), os trabalhadores das agências de Campo Grande que a...
Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...


Acho um absurdo essa greve, bem na época de receber o meu pasep, já me lesaram o ano passado esse ano eu ñ vou ficar sem meu dinheiro, me disseram que depositariam junto com meu salário de setembro e nada, e ai como é que eu fico, vamos trabalhar bancários, eu ganho uma mixaria como funcionária pública e estou lá trabalhando,fazer o que eu preciso.
 
Sandra Cristina em 09/10/2013 11:59:42
Pois é TODOS TEMOS QUE LUTAR POR NOSSOS DIREITOS ... MAS OS BONITÕES DO BANCO RECEBEM MUITO MAIS DO QUE ALGUNS POR AI QUE ESTÃO PRECISANDO RECEBER POR ORDEM DE PAGAMENTO... TENHO FILHO EM CASA,TENHO CONTAS PARA PAGAR,MEU MARIDO TRABALHA O DIA INTEIRO E DEPOIS ACONTECE ISSO AI? ESTAMOS AQUI TENTANDO ENCONTRAR UMA SAÍDA E NADA...
 
Thainá Acsa em 07/10/2013 11:32:00
cadê o Bernal?
Desce jeito o prefeito da cidade quer que toda a população morra de fome sem dinheiro. Pois todos os caixa eletrônico estão já quase sem dinheiro para suprir a nessecidade da população.
Cadê a humanidade e o valor que dá para população. É assim que o prefeito da cidade menciona.
Tira a mão do bolso e paga logo este funcionário que estão pedindo um aumento, que pra você prefeito não é nada, mas pra eles é muito.
 
viviane araujo em 02/10/2013 18:12:30
Parabéns aos bancários com essa adesão, e que até o final da semana esteja 100%, infelizmente para que se mude alguma coisa no pais tem que ser com greve, e com a greve a população fica afetada, mais se isso nao acontecer como iremos mudar este pais?
Obs: Não sou bancário, estou me lascando com essa greve, preciso fazer transações bancarias, mas sou 100% a favor dos bancários que trabalham muito e ganham pouco, enquanto esses banqueiros continuam lucrando em cima da populaçao
 
Rodolfo Dias Pinto em 02/10/2013 15:41:30
meu cartao deu erro e não pude pagar em debito e nem sacar e pasme somente quando voltar a funcionar as agencias e mais pensão alimentícia presa na conta ai como fica...quem vai por os alimentos na mesa de meus filhos....aguardo a resposta..
 
silvana peres em 01/10/2013 20:08:27
Todos tem que ter melhores salarios sim, mas não as custas do sofrimento do povo. Essa greve teria mais efeito se as empresas que tivessem suas transações bloqueadas por 1 so dia, mas ao invés disso, nós o povo humilde e trabalhador sofre com essa greve.
Fica minha mensagem de repúdio a essa greve.
 
Jonathas Cunha em 01/10/2013 20:02:21
Enquanto isso dane se a população.
 
ROSANE KESLLEY SILVA LIRIO em 01/10/2013 18:09:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions