A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

22/10/2010 10:25

Bombeiros serram anel entalado em dedo de criança

Redação

Uma criança de 11 anos teve de ser atendida pelo Corpo de Bombeiros na manhã desta sexta-feira, depois de ficar com anel preso no dedo. O objeto usado como adorno teve de ser serrado.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, este tipo de acidente é bastante comum e serve de alerta aos pais. Os adolescentes compram os anéis e permanecem com eles nos dedos durante longos períodos de tempo.

Como estão em fase de crescimento, os objetos podem apertar ao ponto de não sair mais dos dedos, dificultando ou até mesmo impedindo a retirada.

Preso - A menina estava na escola estadual José Maria, na Mata do Jacinto, quando procurou uma das professoras dizendo que o anel estava incomodando e não conseguia retira-lo.

Acompanhada por uma funcionária da escola, foi encaminhada até o quartel central dos Bombeiros, localizado na rua 14 de Julho, Centro de Campo Grande.

O dedo já estava inchado e com coloração roxa em função do anel preso.

Foi usada uma retificadora, equipamento usado pelo Corpo de Bombeiros para o corte de pequenos objetos.

Como o anel era feito de aço, foram feitos dois cortes em lados opostos do objeto para que pudesse ser retirado com maior facilidade. Como o metal esquenta, um dos bombeiros jogava água gelada no dedo da menina para que não houvesse queimaduras.

Ainda segundo os Bombeiros, a criança permaneceu tranquila durante o corte do objeto. Ela teve de usar equipamentos de proteção durante a "operação".

Os bombeiros alertam os pais de adolescentes para que os filhos não usem anéis desse material. Caso a estudante tivesse permanecido por mais tempo com o objeto entalado no dedo, poderia haver necessidade de amputação em função de processo de gangrena.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions