A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Abril de 2019

11/11/2018 09:15

“Calculo minha rota”, diz primeiro a chegar em universidade para o Enem

Neste domingo (11), os estudantes terão cinco horas para resolver as 90 questões de matemática e ciências da natureza (com física, química e biologia)

Danielle Valentim e Bruna Pasche
Quero conseguir uma nota boa, mas acredito que a federal, ainda é para quem tem condições de pagar cursinho ou estudou em escola particular, disse Arthur. (Foto: Paulo Francis)"Quero conseguir uma nota boa, mas acredito que a federal, ainda é para quem tem condições de pagar cursinho ou estudou em escola particular", disse Arthur. (Foto: Paulo Francis)

A preocupação com horário fez candidato do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2018, chegar ao local de prova mais de quatro horas antes do fechamento dos portões. Neste domingo (11), os estudantes terão cinco horas para resolver as 90 questões de matemática e ciências da natureza (com física, química e biologia).

Morador do Bairro Parque do Sol, Artur Gregrório, 25 anos, chegou às 7h40 na Uniderp. Coincidentemente, no dia de prova em que se exige conhecimento em matemática, o candidato afirmou que nunca se atrasa, porque sempre calcula sua rota.

“Sempre chego cedo aos lugares, na escola ou no trabalho. Calculo minha rota porque o ônibus no meu bairro passa de uma em uma hora, então, eu sempre faço as contas de quanto tempo vou levar até o ponto. Também calculo quanto tempo preciso para chegar aos lugares, se imprevistos acontecem”, disse.

Arthur espera conseguir uma boa nota, para conseguir bolsa. Ele acredita que universidade federal, ainda, é para quem tem condições de fazer um cursinho ou estudou a vida inteira no ensino particular.

“Não estou esperando muitas coisa da prova de hoje, porque sou aluno da rede pública. Acredito que a federal, ainda é para quem tem condições de pagar cursinho ou estudou em escola particular. Eu quero uma boa nota para garantir uma bolsa em uma universidade particular”, disse.

Neste mesmo horário, equipe de reportagem passou pelo entorno da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), mas nenhum candidato havia chegado.

Na semana passada, mais de 20 mil alunos faltaram na primeira prova do Enem em Mato Grosso do Sul. No entanto, neste domingo, todos os inscritos poderão fazer a prova. Mesmo quem faltou ao primeiro dia poderá fazer o teste, mas a participação valerá como experiência, já que a pontuação não será suficiente para participar de programas do governo federal ou disputar vagas na universidade.

30 minutos a mais - Pela 1º vez, a prova terá 30 minutos a mais de duração. A mudança ocorre porque, na edição de 2017, o Ministério da Educação (MEC) mudou a divisão das disciplinas - provas de humanas em um dia e de exatas no outro – e os candidatos reclamaram que as 4 horas e 30 minutos de teste não foram suficientes para analisar as questões que envolviam muitos cálculos.

Onde usar as notas? As notas obtidas no Enem serão depois usadas pelos candidatos em um sistema do governo federal, o Sisu, que é a principal forma de acesso para vagas na rede pública de ensino superior e aceitas em 27 instituições de Portugal.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions