A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

19/08/2011 16:14

Adolescente de 15 anos que matou amigo diz que disparo foi acidental

Viviane Oliveira

O garoto foi preso na tarde de ontem

Segundo o adolescente, guardava a arma para um amigo de 22 anos. (Foto: Simão Nogueira)Segundo o adolescente, guardava a arma para um amigo de 22 anos. (Foto: Simão Nogueira)
O garoto confessou o crime, mas disse que tiro foi acidental. (Foto: Simão Nogueira)O garoto confessou o crime, mas disse que tiro foi acidental. (Foto: Simão Nogueira)

Já está na Unei Los Angeles (Unidade Educacional de Internação) o adolescente de 15 anos que matou Jhonny Kaique dos Santos, de 16 anos, na tarde da última segunda-feira (15) na rua Clevelândia no jardim das Hortênsias, em Campo Grande.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Aline Sinotti Lopes, o adolescente foi preso ontem (18) por volta das 17 horas. Segundo ela, a Polícia estava na casa de um amigo dele, quando o adolescente chegou de surpresa.

Para a Polícia, o garoto confessou o crime, mas disse que o tiro foi acidental. Segundo ele, Jhonny estava no ponto de ônibus, quando passou de bicicleta. A vítima percebeu um volume embaixo da blusa e ao saber que era um revólver calibre 38 pediu para ver.

Segundo o adolescente, a arma disparou e o tiro acertou o abdômen de Jhonny. Para a delegada, aparentemente não tinha motivo para o crime, mas o garoto assumiu o risco de matar na hora de manusear a arma carregada.

A mãe da vítima, Marisa dos Santos, 38 anos, disse que seu filho e o garoto eram amigos de infância. Segundo ela, Jhonny parou de andar com o adolescente porque ele estaria envolvido com drogas.

Jhonny não tinha passagem pela Polícia, já o adolescente tem quatro: por lesão corporal, resistência, desobediência e ameaça.

A Arma – De acordo com o adolescente, a arma era de um amigo de 22 anos. Segundo ele, no fim de semana devolveria a arma para o rapaz que iria praticar um crime para pagar uma dívida de droga.

A delegada não quis divulgar o nome dele, mas o rapaz se apresentou hoje de manhã na delegacia e será responsabilizado por favorecimento.

Um jovem de 18 anos também será indiciado por ter escondido a arma dentro de casa. Ele responderá por porte ilegal de armas.



peço para levar isso a serio tem que existir uma lei que da condiçoes para os menores trabalharem pegar responsabilidade desde pequeno pq o serviço nao mata ninguem e eu trabalho desde os meus sete anos e nao morri e agradeço pois sou pobre e ganho meu dinheiro honesto com muito suor e agradeço aos meus pais por me colocar cedo no serviço.


temos que conversar com as altoridades competentes para mudar esta lei que menor nao pode trabalhar e como que pode ficar a toa , hoge o custo de vida e muito caro e porque que o menor pode pegar um revolver e sair por ai tirando a vida do proximo como se fosse um um dom ruan. isto nao pode exitir por isso que temos que mudar esta situaçao.antigamente nao exitia issso pq o menor vendia sorvete, salgado , saia com os pais para a construçao em um periodo e no outro para a escola.
quando o menor estudava cedo ele chegava em casa e ia a tarde para o serviço com o pai , equando ele estudava a tarde ele ia de manha para aprender e nao tinha tempo para ficar a toa com amigo e pensando em dar o golpe no proximo.

vamos falar com os deputados e os juizes ou com as altoridades para dar serviços que isso acaba
 
GENILDO CARVALHO DA SILVA em 20/08/2011 11:12:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions