A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/06/2016 12:31

Agentes de trânsito flagram 30 condutores falando ao celular a cada 1 hora

Fernanda Mathias
Depois de uma semana de orientação, Agetran alertou que a partir de hoje ações também teriam autuações (Foto: Márcio Bueno/PMCG)Depois de uma semana de orientação, Agetran alertou que a partir de hoje ações também teriam autuações (Foto: Márcio Bueno/PMCG)

Por hora, os agentes de trânsito têm flagrado de 20 a 30 condutores falando ao celular nas principais avenidas de Campo Grande, conforme dados da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), que está reforçando as ações para multar quem comete a infração.

Hoje a ação foi na avenida Gury Marques, na saída para São Paulo. A Agetran informou que após uma semana de campanha educativa, as ações passariam a ter autuações a partir desta segunda-feira, 20.

O último balanço divulgado pela Agetran informava que neste ano foram multados 78.000 condutores por diversas infrações, sendo que 3.200 referentes a uso de celular no trânsito e 1.400 a não uso de cinto de segurança. No ano passado, levantamento da Agetran revela que de janeiro a dezembro, 294.000 multas aplicadas por várias infrações, destas 15 mil (5%) são referentes a celular no trânsito e 9 mil por falta de uso de cinto de segurança.

“Depois que começamos com as blitze educativas do uso do celular ao volante, observamos que um número considerável de motoristas que estavam sem o cinto de segurança. Situação considerada pelo código de trânsito gravíssima. O cinto de segurança deve ser utilizado em todos os bancos do veiculo, no banco de passageiro da frente e para os passageiros do banco de trás”, diz o chefe do Núcleo de Estatísticas de Acidentes no Trânsito da Agetran, Nédio Mendes Júnior.

O diretor-presidente da Agetran, Elídio Pinheiro lembra que partir de primeiro de novembro a multa para o celular ao volante será de R$293,00 e sete pontos na carteira do condutor do veículo. Já a multa pela não utilização do cinto de segurança passará de R$127,00 para R$ 195,00 e cinco pontos na carteira.

Além dos agentes de trânsito a blitz desta segunda-feira contou com a presença do chefe de divisão para o trânsito da Agetran, José Roberto Cuevas, que trabalhou nas orientações preventivas e passou informações para os motoristas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions