ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Alvo de “Lesa Pátria” já foi candidato a vereador e a deputado federal em MS

Júlio César Billerbeck dos Santos também é investigado por tentativa de homícidio ocorrido em 2021

Por Bruna Marques | 29/02/2024 11:10
Júlio César recebeu tornozeleira eletrônica na unidade estadual, em Campo Grande (Foto: Marcos Maluf)
Júlio César recebeu tornozeleira eletrônica na unidade estadual, em Campo Grande (Foto: Marcos Maluf)

O pintor Júlio César Billerbeck dos Santos, 48 anos, alvo da Operação Lesa Pátria, foi candidato a deputado federal, em 2014 e a vereador em 2016 pelo PT do B, em Campo Grande. Além disso, ainda é investigado por tentativa de homicídio, em caso ocorrido em julho de 2021. Hoje, Saiu da unidade mista de monitoramento virtual estadual com tornozeleira eletrônica.

Conforme consulta processual feita pela reportagem, no dia 4 de julho de 2021, Júlio César tentou matar o dono de uma conveniência, de 51 anos, na Rua Pontalina, na Vila Santo Eugênio. No inquérito policial, o relato é que o pintor chegou no estabelecimento em carro Audi, acompanhado de outro rapaz.

Segundo depoimento da vítima, no dia do crime, Júlio César desceu do carro e disse que o mataria, levando a mão à cintura. Para se defender, o comerciante tentou pegar a arma e os dois começaram a lutar, até que o pintor foi desarmado.

Na sequência, o passageiro, que alegou estar mexendo no celular, viu a confusão e foi até lá, ajudando Júlio César a entrar no carro e ambos fugiram. Ainda conforme relatado pela vítima, os dois já haviam se desentendido devido a assuntos da associação de moradores do bairro. O caso está sob investigação e a denúncia ainda não foi oferecida pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul).

Além de candidato a vereador, Júlio César já foi presidente da Associação de Bairros Guaicurus. Em vídeos publicados em suas redes sociais, sempre aparece vestido com a camiseta do Brasil e tem costume de divulgar frases motivacionais.

O último vídeo publicado por ele ontem, horas antes de colocar tornozeleira eletrônica, a mensagem do dia foi: “Tá tudo bem com você aí? Tá tudo bem comigo aqui! Estou passando aqui para mandar a mensagem do dia. ‘Nunca desista da sua vida, nem de seus objetivos. Quando você for desistir, pensa no presídio de Mossoró, até no Presídio Federal teve uma saída. Reflete, pense, só desistem os fracos, nós somos fortes”.

Ao ser flagrado pelo Campo Grande News saindo da unidade onde são colocadas as tornozeleiras, hoje de manhã, Júlio César ficou revoltado e saiu aos gritos. “Cambada de ladrão! Parabéns, Brasil!”. A reportagem tentou entrevistá-lo, mas o homem não aceitou conversar.

Santinho de Júlio César na época em que foi candidato a vereador (Foto: Reprodução/Diário Cidade)
Santinho de Júlio César na época em que foi candidato a vereador (Foto: Reprodução/Diário Cidade)

Lesa Pátria - Esta foi a 25ª fase da operação, deflagrada em Mato Grosso do Sul, além do Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Tocantins, além do Distrito Federal.

Em MS, estão sendo cumpridos 2 mandados de busca e apreensão e um de monitoramento com tornozeleira eletrônica, alternativa à prisão.

Ao todo, estão sendo cumpridos 34 mandados judiciais, sendo 24 mandados de busca e apreensão, três mandados de prisão preventiva e sete de monitoramento eletrônico, todos expedidos pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Além disso, foi determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados. Apura-se que a quantia dos danos causados ao patrimônio público possa chegar à cifra de R$ 40 milhões.

Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

Júlio César dando as costas para a reportagem quando foi questionado sobre a tornozeleira eletrônica (Foto: Marcos Maluf)
Júlio César dando as costas para a reportagem quando foi questionado sobre a tornozeleira eletrônica (Foto: Marcos Maluf)

As investigações continuam em curso, e a Operação Lesa Pátria é permanente, com atualizações periódicas acerca do número de mandados judiciais cumpridos e pessoas capturadas.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias