A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/02/2015 08:35

Amigos se unem para comprar moto furtada por R$ 700 e acabam presos

Renan Nucci
Moto sem placa havia sido furtada no último dia 24. (Foto: Marcos Ermínio)Moto sem placa havia sido furtada no último dia 24. (Foto: Marcos Ermínio)
Amigos se conheceram há cerca de seis meses e já se envolveram em confusão. (Foto: Marcos Ermínio)Amigos se conheceram há cerca de seis meses e já se envolveram em confusão. (Foto: Marcos Ermínio)

Dois rapazes foram presos pelo 1° Batalhão da Polícia Militar da Vila União, em Campo Grande, após serem flagrados transitando em uma moto Yamaha YBR Factor furtada, na manhã desta quinta-feira (26). Os autores afiram ter comprado o veículo por R$ 700, sem conhecimento da origem delituosa. Ambos foram autuados por receptação.

A prisão aconteceu na Rua Antonio Bandeira, no Núcleo Habitacional Buriti. Era por volta das 06h50 quando policiais faziam rondas pelo bairro e avistaram Herick Dias de Arruda Chacon, 25 anos, e Anderson Gonzaga Chaves, 22 anos, trafegando na moto sem placa, em atitudes suspeitas.

Durante abordagem, foi constatado que a YBR havia sido furtada no último dia 24. Os dois disseram que dividiram o valor da compra, acreditando que o veículo estava apenas com documentos atrasados. O vendedor seria um conhecido deles morador na Vila Planalto.

A dupla foi conduzida para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, onde foi autuada em flagrante por receptação. Herick veio de Corumbá para a Capital há cerca de seis meses, para trabalhar como montador de móveis. Ele já cumpriu pena por tráfico, porte ilegal de arma de fogo, furto e receptação.

Anderson, por sua vez, não tinha passagens pela polícia até então. Os dois se conheceram há pouco tempo e viraram amigos, pois vivem na mesma região. “A gente pegou a moto sem saber. Usaríamos para ir para o trabalho e fazer nossas correrias do dia a dia”, se justificou Herick, afirmando que no momento da prisão, deixaria o comparsa na casa de um colega e depois iria para o serviço.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions