A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/04/2014 14:48

Analista diz que sobreviveu 5 dias com 2 garrafas de água e 1 maço de cigarro

Bruno Chaves
Jovem recorreu a rede social para agradecer familiares e amigos (Foto: Reprodução/Facebook)Jovem recorreu a rede social para agradecer familiares e amigos (Foto: Reprodução/Facebook)

Desaparecido entre os dias 13 e 18 de abril, o analista de sistemas Denner Wilian Rodrigues da Silva, 23 anos, retornou para o convívio familiar nesta sexta-feira (18). Em postagem no Facebook, ele agradeceu o apoio de familiares e amigos e disse que sobreviveu durante os cinco dias apenas com duas garrafas de água e um maço de cigarros.

Denner foi questionado pelos usuários sobre o motivo do desaparecimento. Ele publicou na rede social que o sumiço tinha relação com uma dívida antiga e mal resolvida, resultando apenas em danos materiais.

“Bom dia amigos e colegas, já estou em casa, so bem cansado e com saudades da minha esposa Suellen Rodrigues e filha, o sumisó teve releçao com uma dívida antiga, mal resolvida, deixando apenas danos materiais.... Muito obrigado pelada ajuda de todos” (sic), escreveu na rede social.

Ele completou a publicação com outro comentário: “Eu tbm passei 5 dias com apenas duas garrafa pet de água e 1 maço de cigarro mais prefiro que deixa pra lá já que se resolveu, pós agora tenho uma filhinha pra criar” (sic).

O Campo Grande News entrou em contato com o analista para conversar sobre o tempo em que ele ficou sumido. No entanto, as ligações não foram atendidas e o celular estava com a caixa postal lotada.

Entenda o caso – Denner desapareceu na noite do último domingo (13) depois de deixar a esposa no Hospital Regional, em Campo Grande. A mulher foi cuidar da filha do casal, que nasceu no dia 3 de abril e continuava internada na unidade hospitalar.

O analista de sistemas foi procurado pela família, por telefone, e disse que estava comendo em uma lanchonete do Trevo Imbirussu, saída da Capital para Sidrolândia. Depois disso, ele não deu mais notícias.

Os pais de Denner preferiram esperar 48h para anunciar o fato à polícia. Com isso, um boletim de ocorrência foi registrado, no dia 15 de abril, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga informando o desaparecimento.

O paradeiro de Denner foi informado à família depois de o caso ser noticiado na imprensa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions