A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/09/2012 08:44

Após 11 dias, Polícia faz reconstituição de assassinato de universitários

Francisco Júnior
Corpos dos universitários sendo retirados do local onde foram encontrados. (Foto: Rodrigo Pazinato)Corpos dos universitários sendo retirados do local onde foram encontrados. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Onze dias após o assassinato dos estudantes Breno Luigi Silvestrini de Araujo, 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, 19 anos, a Polícia Civil faz na manhã de hoje (11), a reconstituição do crime.

A reprodução simulada, como a Polícia chama esse tipo de procedimento, é comandada pela delegada da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), Maria de Lourdes Souza Cano, responsável por investigar o caso.

Os policiais estão neste momento na região do Indubrasil, onde os jovens foram assassinados e os corpos abandonados, em uma galeria de água pluvial no anel viário entre as saídas de Rochedo e Aquidauana (MS-060 e MS-080).

Os dois universitários foram sequestrados quando saiam de um bar, na última quinta-feira (30), em um veículo Pajero, que foi achado em Corumbá. Os corpos foram encontrados na manhã de sexta-feira, na região do Indubrasil. Á Polícia, Rafael, apontado como cabeça do grupo, disse que a caminhonete Pajero havia sido encomendada por um homem, que pagaria em cocaína pelo veículo.

Estão presos por envolvimento no crime Dayane Aguirre Clarindo, 24 anos, e o marido, Rafael da Costa Silva, de 22 anos, Weverson Gonçalves Feitosa, 22 anos, Raul Andrade Pinho, 18 anos. Um adolescente de 17 anos, irmão de Rafael, também participou do duplo homicídio e está apreendido em uma Unei da Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions