A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/09/2016 07:32

Após 17 anos, homem que matou ex-esposa a tiros será julgado hoje

Viviane Oliveira

Vai a júri popular nesta manhã (21), na 2ª Vara do Tribunal do Júri, Josuel Aparecido da Silva, 58 anos, acusado de matar a tiros a ex-mulher Emília Brito, na Rua Camburu, no Bairro Coophatrabalho, em Campo Grande.

O crime ocorreu há 17 anos, no dia 1º de fevereiro de 1999. O réu foi denunciado por homicídio cometido por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima com agravante de violência contra a mulher.

Conforme a denúncia do Ministério Público, no dia do crime, o réu foi até a casa da ex com a intenção de reatar o relacionamento. Os dois saíram para conversar e quando retornaram, o denunciado sacou o revólver e disparou contra a mulher.

Após o crime, o acusado fugiu. Emília foi atingida pelas costas com três tiros. Ela chegou a ser socorrida para a Santa Casa, mas morreu um dia depois. Josuel e Emília foram casados durante 10 anos e estavam separados há 20 dias. Segundo o Ministério Público, o réu não aceitava a separação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions