A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/04/2015 12:45

Após interdição de UTI, Proncor se adapta para atender normas da ANS

Aline dos Santos
Proncor Centro teve UTI interditada no dia 10 de abril. (Foto: Marcelo Calazans)Proncor Centro teve UTI interditada no dia 10 de abril. (Foto: Marcelo Calazans)

O Proncor informou que está se adequando para atender às normatizações da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). Na última sexta-feira, dia 10, a Vigilância Sanitária interditou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Proncor Centro, na rua Maracaju, em Campo Grande.

Segundo a SES (Secretaria Estadual de Saúde), foram vários os motivos que levaram à medida. O principal é a falta de centro cirúrgico para atender os pacientes. Em nota, o Proncor informou que “ está se adequando para aumentar o número de leitos de UTI na unidade Proncor Geral para que possamos atender às normatizações da ANS”.

Conforme o hospital, a interdição teve como base resolução da ANS que dispõe obre a obrigatoriedade da existência de centro cirúrgico em hospitais com UTI.

“A UTI do Proncor Centro existe há 35 anos. A emergência desta unidade é basicamente clínica e predominantemente cardiológica. Em nenhuma circunstância nestes anos tivemos problemas no atendimento aos pacientes de UTI pela distância do centro cirúrgico. Quando da necessidade de cirurgia os pacientes após serem devidamente estabilizados são transferidos para o Proncor Geral onde se dispõe de atendimento cirúrgico de excelência”, diz a nota.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions