ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Após mulher denunciar agressão, homem chora e implora para não ser preso

Suspeito já foi preso por tráfico de drogas, mas estava em liberdade condicional

Por Alana Portela e Bruna Marques | 13/04/2021 08:58
Delegada Jennifer Estevam na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher). (Foto: Kísie Ainoã)
Delegada Jennifer Estevam na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher). (Foto: Kísie Ainoã)

Após ser levado para Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), homem de 42 anos chora e implora para não ser preso depois de namorada, 46 anos, denunciar agressões. O caso aconteceu na noite de ontem (12), no bairro Nova Lima, em Campo Grande.

Conforme informações passadas pela delegada Jennifer Estevam, a vítima e o autor moram juntos há quatro meses. Ontem, o casal iniciou uma discussão por conta de dinheiro. Os ânimos foram se exaltando e logo o autor passou a xingar a namorada.

Irritado, ele então passou a quebrar objetos da casa e em seguida foi para cima da namorada e começou a agredir com socos no rosto e nas costas. Já no chão, ele passou a chutar o abdome e apertou o pescoço da vítima.

Depois das agressões, a vítima disse que ia ligar para polícia, momento o qual o autor pegou seu celular e disse “não vai dar em nada porque no dia seguinte vou voltar e colocar fogo na casa com você dentro”.

O autor fugiu do local e deixou a namorada sozinha, momento que ela conseguiu achar um celular e acionar a Polícia Militar. Quando os militares chegaram na residência, encontraram a vítima com o rosto inchado.

Os policiais realizaram buscas pela região e encontrou o autor, que foi levado para a Deam. Já na delegacia, o homem chegou chorando e implorou para não ser preso, pois estava em liberdade condicional e respondendo um processo por tráfico de drogas.

Para os policiais, ainda disse que a confusão com a namorada começou porque ele queria ir embora, mas a companheira não deixou e passou a arranhá-lo.

Alegou também que foi nesse momento que a namorada avançou em sua direção, mas como ele se esquivou, ela caiu no chão e se machucou.

A vítima foi encaminhada para o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) para realizar exame de corpo de delito. O namorado permanece preso na delegacia, onde aguarda a audiência de custódia.

Ele vai responder pelos crimes de lesão corporal, ameaça, injúria e furto, por ter sumido com o celular da vítima.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário