A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/04/2014 09:12

Após protesto, Prefeitura promete começar segunda-feira obra da Guaicurus

Viviane Oliveira e Aliny Mary Dias
Superintende da Seintrha, João Dimas, mostra projeto para moradores e diz que obra começa na segunda. (Foto: Marcelo Victor) Superintende da Seintrha, João Dimas, mostra projeto para moradores e diz que obra começa na segunda. (Foto: Marcelo Victor)

Após protesto realizado ontem por moradores da região da Avenida Guaicurus, a Prefeitura de Campo Grande afirmou na manhã de hoje que vai começar as obras de recapeamento na próxima segunda-feira (14).

O anúncio foi feito aos cinco dos seis moradores, que montaram uma comissão para acompanhar de perto as obras. Eles participaram nesta manhã de uma reunião com o superintende da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), João Dimas Martins Gomes.

De acordo com João Dimas, os 10 quilômetros da Guaicurus foram divididos em três lotes. Os dois primeiros, que começa na Gury Marques e vai até o museu José Antônio Pereira, começa na segunda. O terceiro, do museu até a rotatória do Dom Antônio, terá início na terça-feira (15). A obra tem duração de 5 meses.

Em toda a avenida serão feitos a drenagem, recapeamento, iluminação e depois de pronta será colocada a sinalização, como redutores de velocidade e faixas de pedestres. O valor da obra é de R$ 9 milhões.

Conforme o superintendente do órgão, o empenho foi solicitado hoje e a expectativa é que seja liberado no final do dia. Ainda será feita uma reunião com presidentes dos 16 bairros que cortam a via para saber se os moradores querem a ciclovia, que ainda não foi licitada.

Um dos moradores que faz parte da comissão, Sandro Lopes, está confiante e espera que na segunda-feira os trabalhos comecem. “Nós estamos de saco cheio de tanta conversa”, finaliza.

Protesto - No protesto de ontem (7), dezenas de moradores queimaram centenas de pneus para bloquear a avenida. A fumaça preta produzida pela queima era vista de longe.

A maior reclamação é com relação aos inúmeros buracos no prolongamento da Guaicurus. Como a via é ligação para vários bairros populosos, o trânsito é intenso no local.

Em dias de chuva a situação fica complicada. A via se torna uma verdadeira armadilha para os condutores. Boa parte da avenida fica alagaga e os buracos cobertos pela enxurrada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions