A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/12/2013 18:35

Árvore cai sobre casa, fere morador e danifica veículo no Monte Castelo

Helton Verão
Árvore caiu por volta das 16h40 nesta sábado (Foto: Helton Verão)Árvore caiu por volta das 16h40 nesta sábado (Foto: Helton Verão)

Uma árvore de quase quatro décadas caiu por volta das 16h40 deste sábado (21), feriu um morador e danificou um veículo estacionado na rua da Imprensa, no bairro Monte Castelo.

No momento da queda, quatro pessoas conversavam na varanda da residência, a vítima, a irmã e mais duas pessoas. Todos correram, mas um pedaço de telha acertou a cabeça do homem que é inquilino do imóvel. Ele foi levado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o pronto atendimento da Santa Casa. As outras três pessoas não tiveram ferimentos.

De acordo com os moradores, há mais de dois anos eles tentam autorização para remover a árvore representar perigo. “Há dois anos trabalhamos para isso. A principio o dono da casa não aceitava, este ano ele se convenceu. Em agosto com toda documentação em mãos a Prefeitura prometeu em 30 dias atender esta ocorrência. Mas ninguém apareceu até hoje e aconteceu isso com meu irmão”, conta a advogada Cristiane Callepso, 43 anos.

Ela diz que o irmão é diabético e com a pancada acabou desmaiando, mas foi reanimado por ela e as outras testemunhas.

O proprietário da casa, que é vizinho, conta que tem cobrado a Prefeitura o cumprimento da retirada, mas que está esperando os 30 dias previstos por eles desde agosto. “É descaso o que fazem com a gente. Vou acionar a Prefeitura para se responsabilizar pelo acidente e os custos dos reparos que vou ter que fazer”, lamenta e avisa o aposentado Waldemar Gomes, de 79 anos.

A proprietária do veículo atingido, um Fiat Uno é vizinha também e estava irritada pois teria que sair para trabalhar mais tarde.

Ao lado da árvore que caiu existe outra quase do mesmo tamanho, que os moradores acusam correr risco de queda também.

A vítima está passando por ressonância e exames na Santa Casa, seu estado não é considerado grave.



Quem deveria pagar isso, seria os defensores de manutenção de arvores velhas, ultrapassadas, atrapalhando calçadas e pedestres. O dinheiro da Prefeitura é nosso dinheiro. Acorda povão. Está cheio desse tipo de irregularidade em Campo Grande e o povo aceita. Quanta falta de conhecimento administrativo, faz uma retirada geral de arvores velhas e perigosas e planta outra nova.
 
luiz alves em 22/12/2013 14:30:50
Ação judicial contra a prefeitura. Simples assim
 
Fernando Silva em 22/12/2013 01:14:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions