A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/12/2013 13:02

Assassino da professora quer provar que é bipolar e precisa de tratamento

Graziela Rezende

Está marcado para o dia 16 de dezembro, em Campo Grande, o júri do acusado de matar a professora Zilca Fernandes Marques, 46 anos, no dia 22 de agosto, em uma casa localizada na região Chácara dos Poderes. Preso dias após o crime, Evandro Fernandes, 34 anos, confessou o assassinato da esposa e disse que precisava de ajuda, algo que a defesa tentará provar ao corpo de jurados.

“Ele não é assassino e sim doente, já que possui bipolaridade e esquizofrenia, que aliado ao consumo de drogas, foram fatores determinantes para o crime. Evandro deu as 12 facadas, cobriu a esposa com um manto para ela não sentir frio e se embrenhou na mata para usar drogas por dois dias. Na verdade, ele precisa permanecer internado em um manicômio”, afirma o advogado Marcos Ivan Silva.

Na ocasião da prisão de Evandro, o advogado diz que o autor foi apontado como um assassino frio e calculista. “Mesmo ele confessando e dando detalhes do crime, a Polícia realizou uma reconstituição. Foi um evento desnecessário, de uma exposição antecipada que prejudica o entendimento da população”, fala o advogado.

Crime - Zilca foi encontrada pelo caseiro da chácara e pela mãe. O cadáver estava na sala da casa onde ela morava com o marido. No local ainda foram encontradas roupas de Evandro sujas de sangue e hematomas na vítima, que caracteriza que ela tentou se defender dos golpes.

Evandro e Zilca se conheceram na internet e, após seis meses de namoro, passaram a viver juntos.



Atire a primeira pedra,porque não e teu filho,teu,pai,teu irmão,a droga hoje e um mal da humanidade,não escolhe,classe,cor,idade,ela pode estar dentro de muito lar,e entrando pela porta da frente,a qual se deve ter uma politica para salvar estes jovens,que esta dentro deste vicio,tornando uma doença cronica,para estas famílias,brasileiras,que constante,esta na mídia pedindo socorro,para salvar seus filhos,tenho certeza,que ninguem gostaria de sofrer,juntamente com um de seus familiares viciado,outra coisa,todos sabem do risco,de um dependente,creio que qualquer um de nós temos clareza que estes jovens presiza de ajuda para um tratamento,porque se nos esclarecidos não fazermos nada o que sera dos nossos netos e bisnetos PENSA palavra pode levantar ou derrubar, agradar ou desagradar.
 
Margo Jara em 10/12/2013 01:13:41
Mas então a cadeia é o lugar certo para ele, a hora que ele tiver um dos ataques e ficar agressivo, os companheiros de cela dão um corretivo nele, e a agressividade passa logo.
 
Adriano Roberto dos Santos em 05/12/2013 19:40:28
HAVIA REALIZADO ALGUM TRATAMENTO ANTES DE COMETER O CRIME OU SÓ AGORA "QUE O BICHO VAI PEGAR" TÁ DANDO UMA DE COITADINHO?????
 
Alex André de souza em 05/12/2013 14:10:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions