A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/07/2014 12:49

Bairros e mata são "vasculhados" em busca por ladrões que assassinaram PM

Aline dos Santos e Francisco Júnior
Policiais foram a locais de mata. (Foto: Marcelo de Calazans)Policiais foram a locais de mata. (Foto: Marcelo de Calazans)
Imóveis também foram fiscalizados. (Foto: Marcelo Calazans)Imóveis também foram fiscalizados. (Foto: Marcelo Calazans)

Enquanto o helicóptero faz buscas em pontos de vegetação, policiais vasculham imóveis e abordam pessoas na procura pelos ladrões que invadiram uma loja e mataram o policial militar Valdir Antunes de Oliveira nesta quarta-feira, em Campo Grande.

As buscas foram concentradas nos bairros São Conrado e Santa Emília. No entanto, ainda não houve prisão. Uma funcionária, que foi feita refém, chegou a ser levada para ver suspeitos detidos, mas não eram os ladrões. A procura conta com efetivo da PM (Polícia Militar), Bope ((Batalhão de Operações Especiais) e Polícia Civil.

O policial foi baleado no peito, próximo ao coração, e morreu no HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian. Na ação, os assaltantes invadiram a loja Multi Lar, localizada na Avenida das Mansões, Conjunto Oliveira, e renderam três adultos e um bebê de um ano.

Segundo a funcionária, a esposa do policial disse aos ladrões que poderiam levar o que quisessem, mas que fossem embora logo porque seu marido estava para chegar. Um deles respondeu que sabia que o marido dela era policial e que estava pronto para o embate. Valdir era proprietário do estabelecimento. Ele foi atingido quando entrou na loja.

O pintor Idenil Zarate, 41 anos, foi rendido quando entrou para fazer compras. “Vou lá com bastante frequência e fui direto até a garrafa de café”, conta.

Logo, foi feito refém por um assaltante. Ele também foi levado para o banheiro, onde a funcionária, a esposa e o filho do policial estavam sob a mira de revólveres. O grupo não chegou a ficar trancado. Conforme a vítima, os ladrões estavam calmos. O pintor conta que só ouviu o tiro. Os ladrões fugiram levando R$ 200 e o policial foi encontrado baleado. (Colaborou Marcelo Calazans)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions