A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

22/09/2019 08:20

Bandidos roubam carro, mantêm reféns e ainda fazem arrastão

Pelo menos cinco pessoas foram vítimas do grupo e procuraram a delegacia para registraram boletim de ocorrência

Viviane Oliveira e Clayton Neves
Pistola, carteira e celulares foram apreendidos com os suspeitos Pistola, carteira e celulares foram apreendidos com os suspeitos

Três homens foram presos após roubo de carro e arrastões, em bairros localizados na região da saída para São Paulo, em Campo Grande. Pelo menos cinco pessoas foram vítimas do grupo e procuraram a delegacia para registrar boletim de ocorrência.

Os suspeitos são: Roberto Ferrarezi Miyazato, 37 anos, Patrick de Oliveira Rocha, 24 anos, Alex Silva, 22 anos. Eles foram autuados e levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Segundo a Polícia Militar, o primeiro registro foi no entorno do Bairro Cohab, quando os criminosos armados com uma pistola 9 milímetros renderam os ocupantes de um GM Corsa branco e os mantiveram dentro do carro enquanto cometiam roubos.  

No Bairro Itamaracá, a vítima foi um homem que seguia numa Honda Fan 150 e teve a moto roubada. Os ladrões também tentaram roubar a motocicleta de um moto entregador na Avenida Guaicurus, no Bairro Colibri, mas não conseguiram levando apenas dois celulares. Depois dos crimes, os ocupantes do Corsa foram liberados com o carro. 

A Polícia Militar foi acionada e em rondas pela região conseguiu localizar nos fundos de um imóvel em meio a matagal a Honda Fan 150 que havia sido levada no Itamaracá. Questionados, os donos da casa contaram que Patrick tinha deixado o veículo no local e saído, mas retornaria em breve. Eles acabaram confessando ainda que outros objetos roubados das vítimas estavam guardados num imóvel da construtora Homex, no Jardim Centro-Oeste. Policiais do Batalhão de Choque foram acionados para dar apoio.

Na sequência, Patrick foi preso. Na casa de Alex foi apreendida a pistola 9 milímetros e 35 munições intactas. Já Roberto foi detido no momento em que chegava na residência. Ele chegou a negar o crime e mentir o nome, mas depois acabou confessando. Contra Roberto havia mandado de prisão em aberto. Durante um dos roubos, os criminosos chegaram a fazer disparos. Ninguém ficou ferido. 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions