A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/08/2014 11:42

Base nas Moreninhas terá efetivo de 126 guardas para atender 82 bairros

Renan Nucci e Kleber Clajus
Prefeito Gilmar Olarte e outras autoridades durante inauguração de base da Guarda Municipal, no Bairro Moreninhas III. (Foto: Marcelo Calazans)Prefeito Gilmar Olarte e outras autoridades durante inauguração de base da Guarda Municipal, no Bairro Moreninhas III. (Foto: Marcelo Calazans)
Efetivo será de 126 guardas que vão fazer a segurança de 82 bairros. (Foto: Marcelo Calazans)Efetivo será de 126 guardas que vão fazer a segurança de 82 bairros. (Foto: Marcelo Calazans)

A prefeitura de Campo Grande inaugurou na manhã desta quarta-feira (27) a base administrativa da Guarda Municipal do Bairro Moreninhas III, na região do Bandeira. A unidade irá contar com efetivo de 126 guardas, atendendo 105 mil pessoas que vivem em 82 bairros.

De acordo com Jhonnys Cabreira, comandante da guarda, o objetivo do projeto é aproximar ainda mais a população da corporação, agindo com ostensividade e proatividade em parceria com a Polícia Militar, evitando a incidência de delitos.

Cabreira também anunciou que, até a primeira semana de setembro, deve encaminhar à Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) um conjunto de projetos orçados em R$ 3 milhões.

“Os recursos federais serão utilizados na aquisição de um ônibus para a corporação, bem como veículos a serem usados em projetos sociais, além da compra de equipamentos de proteção, como botas e coletes”, disse.

O major Mário Ângelo Ajala, do 10º Batalhão da Polícia Militar, exaltou o reforço no combate ao crime e disse que o cidadão é o maior beneficiado. “A população é quem tem a ganhar com isso”, avalia. A unidade foi a terceira das cinco que serão inauguradas até o final do ano pela prefeitura.

Reforço- Em seu discurso, o prefeito Gilmar Olarte (PP) ressaltou que durante o desfile de ontem (26), em comemoração aos 115 anos de Campo Grande, a guarda “roubou a cena”.  Mais investimentos estão previstos. 

“Queremos fortalecer e treinar os guardas, começando a armá-los gradativamente, principalmente aqueles que possuem um diferencial como conhecimento técnico e condições emocionais. O objetivo é que eles façam das armas instrumentos para impor respeito, e não o mal”, disse.

De acordo com a comerciante Luz Nayara Correa, 28 anos, a chegada da guarda à região vai coibir tumultos que ocorrem, em geral, nas praças dos bairros, assim como pichações. “As Moreninhas vão ficar mais organizadas agora”, disse.

A mãe dela, Elizabete Oliveira Correa, 54 anos, reforçou o discurso da filha e disse que a presença dos guardas muda o panorama. “É um reforço na segurança somado com a PM que já estava por aqui”, disse ela destacando que a família vive a 33 anos no local.

A aposentada Anna Lopes dos Santos, 79 anos, acredita que as ruas vão ficar mais tranquilas, já que as autoridades vão poder combater, entre outros delitos, a pertrubação de sossego por uso de som alto. “A impressão é que agora vai ficar tudo mais tranquilo”, comenta.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions