A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/11/2015 14:54

Bernal eleva salários em até 42,9% e contrata 41 para substituir Itel

Flávio Paes

Em atos publicados em edição extra do Diário Oficial no último dia 27 de outubro, o prefeito Alcides Bernal, aumentou gratificações, elevou a letra de enquadramento dos contratados e promove reajuste de até 42,90% na remuneração de 45 funcionários, além de nomear 41 técnicos para reforçar o quadro de pessoal de IMTI( Instituto Municipal de Tecnologia da Informação). A soma dos salários deste pessoal vai custar R$ 159,7 mil, com vencimentos variando entre R$ 1.806.65, os DTI-10  e R$ 5.789,20, aqueles enqudradados como DT-04, com 100% de gratificação.

A autarquia municipal assumiu as funções, de suporte de informática para a Prefeitura, que há 20 anos eram cumpridas pela Itel Informática, do empresário João Baird, investigado na Operação Lama Asfáltica, pela Polícia Federal. O contrato com a empresa foi encerrado em setembro, por recomendação do MPE (Ministério Público Estadual)

Estas medidas adotadas pelo prefeito vão gerar um custo mensal extra de aproximadamente R$ 166,3 mil, valor que corresponde a10% do valor do contrato de R$ 1,6 milhão da Itel, embora o quadro contratado fosse bem  maior (360 trabalhadores), com melhores salários que os pagos pela Prefeitura ao seu pessoal de TI (Tecnologia da Informação). 

Os vencimentos no IMTI variam entre R$ 761,54 (com possibilidade de chegar a R$ 1.451,70, se for paga a gratificação integral de 80%) para quem é DTI-10, até R$ 8.315,90 (R$ 4.157,99 para 100% de gratificação), remuneração do superintendente de Desenvolvimento de Sistemas, Francisco Natalino da Silva. Ele, por exemplo, foi contemplado comreajuste de 8,10%, com a elevação de sua gratificação de 80% para 100% do salário-base.

Entre os 45 funcionários que foram recontratados em setembro, depois de serem demitidos junto com os demais comissionados exonerados coletivamente pelo prefeito na sua volta ao cargo  no final de agosto, todos tiveram algum tipo de melhoria salarial, com a elevação do nível do cargo (de DT-6 para DT-04) e o aumento da gratificação, de 40% para 70%, o que significou uma elevação de 42,90% na remuneração deste servidor.

O prefeito se diz convencido de que não haverá necessidade de contratação de uma empresa terceirizada para garantir o suporte informática as repartições municipais. “Vamos prestigiar o pessoal da casa que tem conhecimento das nossas necessidades e capacidade técnica”, avalia Bernal.

Já está em fase de testes o programa desenvolvido pelo IMTI para o agendamento de consultas e informatização da rede pública de saúde. Este sistema terá a mesma função do GISA, adquirido na gestão do ex-prefeito Nelson Trad, não funcionou e a prefeitura está devolvendo ao Ministério da Saúde, em parcelas mensais mais de R$ 8 milhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions