A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/02/2015 15:29

Bombeiros ainda não concederam alvará para shows na Expogrande

Flávia Lima
Zezé de Camargo e Luciano devem se apresentar na Expogrande 2015 caso bombeiros concedam alvará para shows. (Foto:Divulgação)Zezé de Camargo e Luciano devem se apresentar na Expogrande 2015 caso bombeiros concedam alvará para shows. (Foto:Divulgação)

O Corpo de Bombeiros aguarda vistoria no Parque de Exposições Laucídio Coelho para que o local seja definitivamente liberado para a realização de shows. Segundo o coronel Joilson Santos de Paula, diretor de atividades técnicas da corporação, o projeto apresentado ano passado pela Associação já está liberado e a vistoria, que pode conceder o alvará permitindo os shows na Expogrande deve ocorrer até quarta-feira.

Em entrevista ao Campo Grande News, semana passada, o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Francisco Maia, havia dito que o alvará já estava concedido, porém a Corporação aguarda contato da entidade para marcar a visita ao parque.

Segundo o coronel, durante a vistoria serão observados os pontos ressaltados no projeto que visa oferecer uma melhor segurança ao público. Os bombeiros irão checar itens relacionados a medidas preventivas de incêndio, situação e instalação de novos extintores, hidrantes de parede, além de sinalização e iluminação de emergência.

A demora em liberar o projeto, segundo o coronel, depende da agilidade dos profissionais envolvidos no projeto em elaborar o documento.

A Acrissul conta com a liberação do alvará para que a Expogrande, principal feira agropecuária do Estado volte a contar com as apresentações artísticas, suspensas ano passado. Segundo o presidente da entidade, Francisco Maia, a aquisição do licenciamento ambiental e o alvará que deve ser expedido pelo Corpo de Bombeiros foram os principais motivos para a decisão de retomar os shows.

Economia - O fator econômico também levou a Acrissul a manter a Expogrande com seus mega shows. “Somente no ano passado, entre créditos aprovados, financiamentos, negócios prospectos e comércio de máquinas e equipamentos agrícolas, shows e produtos, conseguimos arrecadar mais de meio bilhão. A Expogrande de longe é o maior evento de agropecuária do Estado e não podia acabar. Damos conta dessa missão há 77 anos, para você ter noção 40 anos antes da divisão do Estado já existia Expogrande”, comentou Chico Maia.

No ano passado, a Câmara Municipal alterou o artigo 6º da Lei Complementar Municipal nº 08/1996 para que fossem liberadas as apresentações musicais durante a feira. Por sua vez, o MPE ajuizou uma ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a decisão do legislativo, mas o TJMS julgou improcedente o pedido feito pelo órgão.

Nesta 77ª edição, os shows acontecerão somente nas sextas e sábados. Durante a semana os portões estarão abertos de forma gratuita para toda a população.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions