A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/02/2014 09:52

Campus da UEMS fica pronto este ano e laboratório de medicina será no HR

Lidiane Kober
Máquinas atuam na terraplanagem da área para consórcios darem largada à obra de construção do campus da UEMS (Foto: Marcos Ermínio)Máquinas atuam na terraplanagem da área para consórcios darem largada à obra de construção do campus da UEMS (Foto: Marcos Ermínio)

O campus da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, ficará pronto ainda este ano e o laboratório do curso de Medicina, um dos mais esperados, será o HR (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Pedrossian). A unidade atenderá cerca de 1,8 mil alunos e mais 24 mil usuários do sistema de saúde por ano, após o sexto ano de implantação da faculdade de medicina.

De acordo com o chefe da Seop (Secretaria de Estado de Obras Públicas e de Transportes), Edson Giroto, a obra é prioridade total para pasta. “São três empresas que estão tocando o serviço, uma faz toda a parte de implantação da obra, como a terraplanagem, muro, pavimentação e compactação dos compostos para implantar os prédios.

Também tem mais dois consórcios, um que executa a obra civil e o outro que executa a obra de montagem das peças pré-moldadas, que já está sendo fabricadas”, detalhou o secretário.

Ele frisou ainda que o dinheiro para executar a obra, R$ 45 milhões, está garantido. “Então, eu vou entregar a UEMS, é uma promessa minha para o governador (André Puccinelli), o curso de Medicina estará instalado no ano que vem. Já está o dinheiro aí, o projeto está pronto, então, vou entregar”, declarou.

Questionado sobre a aquisição de equipamentos para o curso de medicina, Giroto destacou que o HR será o local das aulas práticas. “O Hospital Regional vai ser o laboratório, a parte de aprendizagem”, ressaltou.

A obra - O Consórcio Maksoud Concrelaje terá o prazo de 240 dias, após ordem de serviço, para construir quatro blocos da unidade da UEMS, na Capital. A empresa irá receber R$ 24, 8 milhões para realização da obra. A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), responsável por fazer o gerenciamento das obras, assinou esta recomendação no dia 21 de janeiro e dia 31 saiu a publicação no Diário Oficial do Estado.

O consórcio irá construir o bloco 1, 2, 3 e 4 da UEMS em Campo Grande. No primeiro, será o espaço definido como “Convívio”. O segundo terá os cursos de Artes Cênicas e Turismo. Já no bloco 3 será para o curso de Letras e o quarto (bloco 4) o setor de Administração, Urbanismo e Infraestrutura.

Foi definido também que o consórcio Marco-Sotef irá construir os blocos 5, 6 e 7 onde ficarão os cursos de Medicina, ala de laboratórios e os cursos de Geografia e Pedagogia. Para esta obra a empresa receberá R$ 12,5 milhões.

O centro universitário da UEMS, na Capital, será construído em área ao lado Agraer (Agencia de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), em frente ao Conjunto José Abraão, na rodovia MS-080, saída para Rochedo. Hoje, a universidade funciona nas escolas Hercules Maymone e no bairro Arnaldo Estevão de Figueiredo.

Consórcio terá R$ 24, 8 milhões para construir 4 blocos da UEMS na Capital
O Consórcio Maksoud Concrelaje terá o prazo de 240 dias, após ordem de serviço, para construir quatro blocos da unidade da Uems (Universidade Estadua...
Consórcio terá R$ 12, 5 milhões para construir três blocos da UEMS na Capital
O Consórcio Marco-Sotef terá a disposição R$ 12, 5 milhões para construir três blocos da unidade da Uems ((Universidade Estadual de Mato Grosso do Su...
Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions