ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Capital melhora isolamento no "feriadão" e fica no top 5 do País

No resultado nacional, MS saiu do penúltimo lugar e foi para 14ª posição na taxa de isolamento

Por Silvia Frias | 23/03/2021 07:23
Pipoqueiro resolveu tentar a sorte ontem, no centro de Campo Grande, em dia de comércio fechado (Foto: Paulo Francis)
Pipoqueiro resolveu tentar a sorte ontem, no centro de Campo Grande, em dia de comércio fechado (Foto: Paulo Francis)

No primeiro dia de adoção de medidas restritivas em Campo Grande, ontem (22), a cidade alcançou taxa de isolamento de 51,9%, ficando entre as cinco melhores posições entre as capitais nacionais.

O índice representa melhora em relação ao resultado de domingo (21), quando Campo Grande ficou entre as três piores posições no país.

Agora, conforme dados do In Loco, sistema usado pelo governo estadual, a cidade ficou entre as cinco melhores posições. Os melhores índices ficaram com Belém (58,79%), Rio Branco (55,71%), Macapá (55,02%), Curitiba (52,92%). Apesar da melhora, todas as taxas ainda estão abaixo do mínimo ideal, de 60%. O pior percentual foi calculado em Cuiabá (35,47%).

Em relação aos dados nacionais, Mato Grosso do Sul alcançou a 14ª posição no ranking entre os estados, com 45,74% de isolamento. No domingo, tinha ficado em penúltimo lugar.

O governo estadual divulgou resultados de cinco cidades e, destas, Campo Grande obteve o melhor percentual. Os outros municípios rastreados foram Corumbá (46%),Três Lagoas (45%), Dourados (35,4%), Ponta Porã (33,7%).

Avaliação - A base de dados da In Loco, que usa como referência 60 milhões de telefones celulares existentes no País, é utilizada pelo Governo de Mato Grosso do Sul para estudar o comportamento da população e como isso tem refletido no aumento dos casos confirmados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário