A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

28/01/2014 14:54

Carro pega fogo e assusta motorista, que levava filha de dois anos e a mãe

Zana Zaidan e Elverson Cardozo
Jovem correu para tirar filha e mãe do carro que começou a pegar fogo (Foto: Cleber Gellio)Jovem correu para tirar filha e mãe do carro que começou a pegar fogo (Foto: Cleber Gellio)

Um princípio de incêndio atingiu veículo Chevette, ano 1982, na tarde de hoje (28), em frente à casa lotérica na Rua Spipe Calarge, no cruzamento com a rua do Cruzeiro, na Vila Carlota. Quando o fogo começou, uma criança de dois anos sentava na cadeirinha no banco de trás. Desesperada, a mãe lutou para retirá-la antes que as chamas chegassem ao interior do carro, junto com a avó, a dona de casa Gonçala Pereira da Silva, 59 anos, que também precisou ser desembarcada.

O Corpo de Bombeiros atendeu a ocorrência, mas o incêndio foi controlado por populares que usaram extintores de incêndio. As chamas se concentraram no motor do carro, por isso, ninguém ficou ferido. A suspeita é de que tenha vazado gasolina, informa o tenente Romero.

A motorista do Chevette, Mayara Regina Pereira da Silva, 23 anos, conta que saiu com a mãe e a filha para pagar contas no centro da cidade. Antes, parou para abastecer o carro, e o frentista que a atendeu avisou que estava vazando gasolina e orientou que ela procurasse um mecânico.

A família saiu do posto e, a poucos metros a frente, Mayara sentiu cheiro de queimado e o motor começou a soltar a fumaça. Rapidamente, ela saiu do carro e conseguiu soltar a filha e retirá-la com a mãe.

Chamas começaram no motor do carro, por causa de gasolina que vazou (Foto: Cleber Gellio)Chamas começaram no motor do carro, por causa de gasolina que vazou (Foto: Cleber Gellio)

“Foi um susto muito grande, nunca tinha acontecido antes, e estava com a minha filha dentro do carro”, disse a jovem bastante abalada.

A proprietária de uma empresa de gás em frente ao local almoçava com o marido e correu para socorrer a família. “Ouvimos um estalo e pensei que fosse uma batida de carro. Quando olhei pela janela, tinha muita fumaça. Meu marido correu com extintor para apagar o fogo”, conta Luisa Gomes. O funcionário de um supermercado também ajudou.



Se o frentista já tinha alertado que o veiculo estava vazando gasolina, porque antes de sair com o carro nao chamou um mecanico, sendo assim não colocaria em risco outras pessoas. So uma dica..
 
santos filho em 28/01/2014 19:06:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions